Condições favoráveis no mercado global

Gol acelera programa de renovação da frota para os próximos três anos

Empresa deverá substituir 13 Boeing 737-800 pelo mesmo número de 737 MAX-8


A Gol anunciou que vai acelerar a renovação da frota substituindo treze Boeing 737-800 pelo mesmo número de 737 MAX-8. O processo se beneficia das condições favoráveis do mercado global para substituição dos modelos, que deverá ocorrer entre 2019 e 2021.

O programa de modernização será feito por meio de sale and leaseback, que de acordo com a companhia aérea permitirá flexibilizar o plano de frota. Os novos aviões chegarão ao país ao mesmo tempo que os modelos mais antigos forem sendo entregues, mantendo dessa forma a capacidade de oferta da empresa.

Com a alteração no plano de substituição,  a Gol deverá encerra o próximo ano com 24 novos 737 MAX-8 na frota, seguido de 34 aviões do tipo em 2020, com expectativa de em 2023 a família 737 MAX representar mais de 40% da frota.

A Gol planeja utilizar os novos aviões para reduzir o custo operacional ao mesmo tempo que poderá ampliar o número de assentos por aeronave, se beneficiando da maior flexibilidade de arranjo da configuração interna dos novos aviões. A previsão é que os 737 MAX-8 permitam a empresa aérea aumentar a produtividade em até 24%, enquanto o consumo de combustível poderá ser reduzido em até 15%.

A Gol espera também poder diversificar mais sua malha aérea, utilizando os novos aviões em rotas internacionais para os Estados Unidos e o México, além de frequências na América do Sul. Atualmente o 737 MAX-8 voa de Fortaleza e Brasília para Orlando, na Flórida.

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 27 de Dezembro de 2018 às 16:00


Notícias Boeing 737NG 737 MAX Gol