AERO Magazine

Baleias aladas

Gigantes Belugas poderão atender até mesmo o programa espacial

Airbus amplia frota do BelugaXL e estuda futuro dos antigos cargueiros que poderão ser vendidos

Por: Edmundo Ubiratan | Imagem: Divulgação em 10 de Abril de 2019 às 15:00

A frota de BelugaXL será ampliada, com a construção de um sexto exemplar, permitindo a Airbus manter um ritmo intenso de transporte de componentes. Originalmente o plano era substituir os atuais cinco A300ST Beluga, por outros cinco BelugaXL.

Curiosamente o mesmo ocorreu com os Belugas originais que, em 2001, um quinto avião foi construído, enquanto o plano original previa apenas quatro aviões. A intenção da Airbus novamente é manter uma margem logística para atender uma crescente demanda por aviões, o que exige maior número de transporte de componentes entre suas várias unidades espalhadas pela Europa. Além disso, uma aeronave extra permite melhor planejamento para manutenção das aeronaves e evita problemas na cadeia de produção caso uma aeronave seja forçada a ficar no solo por vários dias.

LEIA TAMBÉM

Beluga comemora 20 anos

Segundo BelugaXL é finalizado


 

Outro ponto que a Airbus ainda não definiu é o futuro da frota atual de A300ST Beluga, que deverão ser retirados de serviço até o final de 2020. Entre as possibilidades está a venda dos aviões para empresas especializadas em transportes de grandes dimensões ou mesmo a criação de uma unidade de negócios independente, que poderá vender voos fretados especiais.

Um dos mercados potenciais para os atuais Beluga é de transporte para agências espaciais. Com a retomada de grandes programas de exploração espacial, como o projeto Orion, da Nasa, os veteranos Beluga podem criar um novo nicho de mercado altamente especializado. Para o Brasil um possível uso fretado dos aviões poderá atender a demanda projetada para a base de Alcântara, no Maranhão. A expectativa das autoridades brasileiras é que já no próximo ano uma série de lançamentos sejam feitos em território brasileiro.

O segundo exemplar do BelugaXL foi recentemente concluído, devendo entrar em serviço nos próximos meses. Recentemente o primeiro avião realizou o transporte das primeiras seções de asas do A350 XWB, realizando agora voos de teste de compatibilidade da estrutura de solo das plantas industriais da Airbus. A frota, com seis exemplares, deverá ser concluída até 2023.


Notícias Airbus A330 Beluga Beluga XL A300 A300ST


Boletim AERO Magazine

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas