Para entrar no calendário mundial

Galeão vai sediar nova feira de aviação

Aeroporto do Rio será palco do International Brazil Air Show, que pretende reunir empresas tanto do mercado civil quanto militar; primeira edição acontece em 2017


O Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro, vai sediar um novo evento aeronáutico brasileiro. Administrado pela concessionária RIOGaleão, ele será palco do International Brazil Air Show (IBAS), que está previsto para acontecer em 2017, reunindo 200 empresas dos mercados aeroespacial e aeroportuário, incluindo fornecedores da aviação regular, militar e de negócios, na previsão dos organizadores.

A exemplo do que acontece em feiras como o Paris Airshow, o evento brasileiro promete ter em sua programa exposição de aeronaves e equipamentos, shows aéreos e simuladores de voo para atrair o grande público, além de discussões e negócios principalmente entre os países da América Latina.

A anúncio oficial da feira acontecerá no Galeão na próxima segunda-feira, dia 4 de abril, com a presença esperada do prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, e do secretário executivo da SAC, Guilherme Ramalho, além do presidentea da RIOGaleão, Luiz Rocha.

Segundo os organizadores, o setor aéreo contribui com 1,3% do PIB do país, além de ser responsável por cerca de 1,6 milhão de empregos, incluindo o trade turístico. "As empresas nacionais têm mais de 600 aeronaves servindo à aviação comercial e a frota de aviação executiva do Brasil é a segunda maior do mundo, com 1.650 aeronaves, o que representa 5% do total mundial. Há a estimativa de que aconteçam investimentos da ordem de R$ 8,5 bi nos próximos anos, destinados à infraestrutura aeroportuária brasileira. Isso se deve ao processo de concessões de aeroportos à iniciativa privada em curso no país", contabiliza o IBAS.

Da redação

Publicado em 30 de Março de 2016 às 10:16


Notícias