Problema insolúvel

Falhas no motor levam a cancelamento do programa Falcon 5X

Problemas no desenvolvimento do turbofan Silvercrest inviabilizaram continuidade do projeto


A Dassault Falcon cancelou o programa Falcon 5X após um longo período tentando solucionar os problemas com os motores Silvercrest, produzidos pela Safran Aircraft Engines. O jato de negócios de longo alcance e cabine larga deveria ter entrado em serviço em 2015.

O cancelamento do programa Falcon 5X ocorre após a Dassault haver afirmado, durante a NBAA 2017, que todas as opções estavam sobre a mesa. Com o fim do projeto, a Safran também deve eliminar seu problemático turbofan Silvercrest. O Falcon 5X fez seu primeiro voo com uma versão preliminar do motores Sivercrest, quando foram notadas anomalias no compressor de alta pressão. Após diversas revisões de engenharia, o último anuncio da Dassault Falcon confirmava um novo atraso no projeto, sem no entanto, a Safran se posicionar sobre as falhas existentes.

Ao mesmo tempo, a Dassault deve lançar oficialmente novo modelo usando a mesma seção transversal do 5X, mas agora equipado com com motores Pratt&Whitney PW600. Por ora, o fabricante não confirma a nomenclatura do novo avião, mas que deve sofrer alguns pequenos aperfeiçoamentos em relação ao programa 5X. A expectativa é que o novo avião entre em serviço em 2022.

Ernesto Klotzel e Edmundo Ubiratan

Publicado em 14 de Dezembro de 2017 às 16:00


Notícias Dassault Falcon 5X Falcon 5x Safran Silvercrest