Foco na aviação regional

Embraer volta a comentar sobre possível turbo-hélice regional

Em entrevista no Singapore Air Show executivo do fabricante confirmou estudos para novo avião


Possível turbo-hélice da Embraer poderá ter capacidade similar aos E175-E2

A Embraer continua avaliando o lançamento de um avião comercial turbo-hélice, conforme avaliou John Slattery, CEO da Embraer aviação Comercial. O fabricante brasileiro mantém conversas com potenciais clientes para um modelo regional, mesmo não tendo uma definição oficial sobre o modelo a ser lançado.

Em entrevista à agência Reuters, Slattery, afirmou que espera ter uma definição sobre o possível lançamento ainda neste ano. “Devemos ter um posicionamento entre a metade e o final do quarto trimestre para levar a recomendação ao nosso conselho”, afirmou o executivo.

LEIA TAMBÉM

A Embraer estaria negociando o fornecimento do motor com a Rolls-Royce, General Eletric e Pratt & Whitney Canada, ainda que sem ter uma definição de qual motor adotar e se deverá especificar um modelo novo.

Um eventual lançamento da Embraer, no segmento regional, marcará o primeiro novo avião turbo-hélice do tipo em mais de três décadas. Atualmente os dois principais modelos em produção são atualizações de aeronaves da década de 1980.

O desenvolvimento do novo avião, segundo Slattery, dependeria da aprovação da joint venture com a Boeing, ampliando a possibilidade de mercado para o modelo.

Por Gabriel Benevides

Publicado em 18 de Fevereiro de 2020 às 13:00


Notícias notícia de aviação aeronave avião Embraer E-175 E2 E-Jet E-Jet E2 turbo-hélice ATR Boeing joint venture