Aumento do tráfego

Cresce tráfego mundial de passageiros

Segundo relatório da IATA, demanda teve o maior aumento dos últimos sete meses


A Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA, na singla em inglês) anunciou os resultados globais de tráfego de passageiros do mês de setembro, mostrando que a demanda (medida em passageiros/km) cresceu 7%, comparado com o mesmo mês de 2015. O maior aumento nos últimos sete meses.

A capacidade cresceu 6,6% e o aproveitamento 0,3 pontos percentuais, chegando a 81,1%. O crescimento do tráfego interno dos países superou ligeiramente o crescimento do tráfego internacional.

“O crescimento da demanda em setembro é importante, após um mês de agosto fraco devido aos episódios terroristas. Evidentemente, devemos estar sempre atentos a este tipo de ameaça. No geral, a indústria continua sendo vulnerável ao aumento das tensões geopolíticas e às agendas políticas protecionistas. Apesar do muito esforço necessário para ganhar rentabilidade, este será um bom ano para a indústria aeronáutica", disse Alexandre de Juniac, diretor geral da IATA.

O mercado mundial por regiões

As companhias aéreas europeias registraram um aumento de 5,2% no transporte de passageiros, quando comparado a setembro de 2015. A capacidade aumentou 5,7% e o aproveitamento caiu 0,4 pontos percentuais, atingindo 84,8%, o mais alto das regiões.

O tráfego das companhias aéreas da região Ásia/Pacífico aumentou 8,6% em setembro, em comparação com o mesmo período do ano passado. A capacidade aumentou 7,7% e o aproveitamento aumentou 0,7 pontos percentuais, alcançando a marca de 77,9%.

As companhias aéreas do Oriente Médio registraram um aumento de 11,5% na demanda em setembro, em comparação com o ano anterior. O maior aumento entre as regiões. A capacidade aumentou 13,8%, enquanto o aproveitamento diminuiu 1,5 pontos percentuais, parando em 73,9%.

As companhias norte-americanas experimentaram um aumento de 3,3% na demanda. Enquanto a tendência em alta do tráfego internacional diminuiu nos últimos tempos, os volumes de passageiros aumentaram a uma taxa anual de 6% desde março. A capacidade aumentou 4,2% e o aproveitamento caiu 0,7 pontos percentuais, 81,5%.

O tráfego de setembro das companhias aéreas latino-americanas subiu 7,1% em comparação ao mesmo mês do ano anterior, graças à forte demanda das rotas internacionais na região. A capacidade subiu apenas 2,4% e o aproveitamento subiu 3,6 pontos percentuais, até 83,7%, o segundo mais alto entre as regiões.

Já as companhias aéreas africanas registraram um aumento de 8% no tráfego, que foi acompanhado por um aumento equivalente na capacidade. O aproveitamento manteve-se estável, em 72,0%.

Da redação

Publicado em 14 de Novembro de 2016 às 12:02


Notícias IATA