Fogo!

Bombeiro do DF é um dos únicos equipado com avião de combate a incêndios

Aeronave é amplamente utilizada no Distrito Federal e em outros estados para conter fogo que devasta áreas de preservação ambiental


Air Tractor 802F é uma versão especial para combate a incêndios | Foto: SD Mychael Vargas

Receba as notícias de AERO diretamente no TelegramWhatsApp e Instagram

O Brasil tem sido alvo de críticas da comunidade internacional após mudar os parâmetros para mapeamento de queimadas florestais e por não dispor de condições de combater o fogo em biomas considerados sensíveis.

De forma pontual, o Brasil tem alguns casos relevantes de uso de aviões em missões de combate a incêndios florestais. O 2º Esquadrão de Aviação Operacional do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal (2º ESAV) é o pioneiro no uso desse tipo de aeronave, utilizando dois Air Tractor 802F.

Embora o avião originalmente projetado para operação agrícola, o Air Tractor 802 ganhou uma versão especialmente modificada para atuar no apoio ao combate de incêndios, designado como 802F – abreviação para Fire (fogo) – e dedicado ao emprego de patrulhamento aéreo e ataque rápido a focos de queimada.

Nome da aeronave é inspirado na nuvem Cumulus Nimbus

O modelo é equipado com o motor Pratt & Whitney PT6 e pode armazenar até 3.104 litros de água, com capacidade para voar por até 5 horas. A boa capacidade de transporte de água e a autonomia elevada o tornaram uma peça chave no trabalho da equipe de solo no combate ao fogo, podendo ainda pousar e decolar em pistas curtas e não preparadas.

O Air Tractor 802F dos bombeiros do Distrito Federal ganhou o apropriado nome de batismo Nimbus, em alusão a Cumulus Nimbus, as famosas nuvens de tempestades.

“A operação desta aeronave não se resume a apenas colocar água no avião e despejar nos alvos elaborados. Fazendo-se necessário avaliar a intensidade do incêndio, disponibilidade dos pontos de água e condições meteorológicas (teto, visibilidade e vento)”, explica Tenente Coronel Pimentel do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal. “Isso acaba tornando a operação como um jogo de xadrez, além da cuidadosa avaliação de solo para que a água seja lançada com maior precisão pelo conceito tanque aéreo monomotor (SEAT - Single Engine Air Tanker)”.

Aeronaves são constantemente sondadas para atuarem em outros estados | Foto: SD Mychael Vargas

Atualmente apenas os bombeiros de Brasília e Mato Grosso dispõe do Air Tractor 802F, que são constantemente solicitados por outros estados para conter incêndios florestais, muitas vezes apoiando um C-130 Hecules da FAB, adaptado para esse trabalho. No ano passado os Air Tractor atuaram para conter as chamas que afetaram o pantanal do Mato Grosso do Sul.

Segundo dados da corporação, somente em 2019, foram feitos 158 voos com 660 lançamentos, totalizando 941 mil litros de água em 275 horas de voo em missões no Distrito Federal e outras unidades da Federação. Aliás, dada a tamanha importância e reconhecimento do trabalho feito pelo esquadrão, inspirou países como o Chile e Guatemala a realizarem sondagens para solicitar apoio no combate a incêndios.

  • Receba as notícias de AERO diretamente no Telegram clicando aqui

Por Gabriel Benevides

Publicado em 14 de Setembro de 2020 às 14:00


Notícias notícia de aviação aeronave avião Air Tractor FAB Bombeiros Distrito Federal Air Tractor 802F avião bombeiro incêndio florestal