Garantia da ordem

Bombardeiro dos EUA sobrevoa rotas marítimas do Oriente Médio

Missão conduzida pelos B-1B foi realizada em parceria com países aliados da região


Bombardeiro B-1B Lancer e os F-15

Bombardeiro B-1B Lancer em voo ao lado dos caças F-15I de Israel

Os Estados Unidos deslocaram um bombardeiro estratégico B-1B Lancer para uma missão que sobrevoou importantes vias marítimas do Oriente Médio, incluindo Estreito de Ormuz, o Mar Vermelho e o Canal de Suez. O exercício ocorreu no dia 30 de outubro, contando com a presença de aviões de forças aéreas aliadas da Arábia Saudita, Bahrein, Egito e Israel.

A manobra militar teve como objetivo ampliar a cooperação entre os países da região, além de demonstrar o rápido poder de resposta dos Estados Unidos caso algum de seus aliados ou importantes vias marítimas forem atacadas.

Um dos temores atuais é que o Irã possa retomar seus ataques aos navios que trafegam pela região, considerada uma das mais importantes do mundo para o tráfego marítimo.

Além do bombardeiro, ainda participaram do exercício combinado os caças F-15I de Israel e da Real Força Aérea Saudita, assim como os caças F-16 do Bahrein.

A missão conjunta foi considerada importante por todos os participantes, com a Arábia Saudita afirmando que a aliança com os Estados Unidos mantém a estabilidade regional. “Este exercício destaca capacidades, controle aéreo e integração operacional sendo uma continuação da cooperação conjunta entre a Força Aérea Real Saudita e a Força Aérea dos Estados Unidos para manter a segurança e estabilidade da região”, afirmou o governo saudita em nota oficial.

Os B-1B são parte da tríade de bombardeiros pesados dos Estados Unidos, podendo voar acima da velocidade do som e realizar ataques aéreos de alta precisão mesmo a baixa altura. Atualmente a expectativa é que o avião seja aposentados até meados do final da década, sendo substituído pelo B-21 Raider, um novo modelo com capacidades mais amplas e que também deverá aposentar os B-2 Spirit, este com capacidade nuclear.

  • Receba as notícias de AERO diretamente das nossas redes sociais clicando aqui

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 1 de Novembro de 2021 às 15:00


Notícias notícias de aviação aeronave avião bombardeiro B-1B B-2 F-15 F-16 USAF Arábia Saudita Israel Bahrein Egito caças Suez Omuz