Punhos de Aço

B-52, B-1B e B-2 em voo conjunto

Força aérea norte-americana leva sua força de bombardeiros para exercício na Ásia


Pela primeira vez os bombardeiros estratégicos norte-americanos, B-52 Stratofortress, B-1B Lancer e B-2 Spirit voaram juntos numa manobra militar na região da Ásia-Pacífico. A missão coordenada pelo Air Force Global Strike Command, o poderoso comando de operações globais da força aérea norte-americana, tinha como objetivo o adestramento das tripulações, equipes de solo e órgãos de inteligência ligados aos três bombardeiros, assim como a dissuasão de ameaças na região.

Os aviões operaram a partir da base aérea de Andersen, em Guam, o pequeno arquipélago no Pacifico, realizando diversas manobras no sul do mar da China e no noroeste da Ásia.

Os sucessivos testes armamentistas realizados pela Coréia do Norte têm elevado o aumento das tensões no Mar da China, sobretudo com o Japão e Estados Unidos, que acreditam numa potencial ameaça por parte do regime norte-coreano. Além disso, a ampliação dos limites da zona de exclusão chinesa tem aumentado os atritos na região.

O aumento das atividades militares tem sido uma constante no sudeste asiático nos últimos anos.

Da redação

Publicado em 23 de Agosto de 2016 às 12:00


Notícias B-2 Spirit USAF Pentagon B-52 B-1B