Cada vez mais real

Avião chinês fará sua estreia no exterior realizando testes no Canadá

Campanha de ensaios do C919 prevê testes com gelo e baixas temperaturas


Avião chinês fará sua estreia no exterior realizando campanha de testes no Canadá

Pela primeira vez a Comac vai realizar uma etapa da certificação fora da China, enviando para o Canadá um dos protótipos do C919, onde espera realizar testes em baixas temperaturas.

O avião chinês, que pretende disputar espaço com os Airbus A320neo e Boeing 737 MAX, está na fase final de ensaios em voo, onde deverá ser submetido a condições severas de clima frio.

A etapa de testes ocorrerá a partir da escola canadense International Test Pilots School (ITPS), localizada no aeroporto internacional de Londres (YXU), em Ontário, que aliás, oferecerá todo o suporte logístico durante a realização dos ensaios, incluindo serviços meteorológicos e um piloto de provas.

Com os voos programados para o mês março, o ITPS não descartou o postergar os testes para o segundo semestre de 2021, visto que, a escola está atenta aos desdobramentos da pandemia do coronavírus no Canadá.

No mês passado, o C919 realizou outra campanha de ensaios em condições de temperatura extremamente baixa (-35º) na Mongólia Interior, para avaliar se a aeronave atende aos requisitos de certificação e assim, obter a documentação ainda este ano.

Caso as campanhas de ensaios aconteçam conforme planejado, a Comac dará um importante passo para o início da fabricação em série do C919. O avião chinês de corredor único já possui 305 pedidos firmes das principais transportadoras chinesas e terá a China Eastern Airlines como cliente lançador.

O programa C919 está sendo desenvolvido dentro do cronograma e conta com centenas de fornecedores ocidentais, refletindo à nova realidade da indústria de aviação chinesa.

Por Gabriel Benevides

Publicado em 8 de Fevereiro de 2021 às 18:00


Notícias notícias de aviação aeronave avião aviação Comac C919 China Boeing 737 Airbus A320 Canadá