Otimismo

American Airlines aposta em prejuízo menor no terceiro trimestre

Prejuízo líquido deverá ser entre US$ 620 milhões e US$ 675 milhões no período


Boeing 737 da American Airlines

O otimismo foi acentuado pelo anúncio da abertura das fronteiras, feito pelo Governo Biden - Foto: Divulgação

A American Airlines prevê que o prejuízo ajustado (líquido) do terceiro trimestre de 2021 será menor que o previsto e mostrou otimismo quanto a reserva de passagens para o fim de ano, por conta da redução das restrições de viagens.

Esta expectativa também é acompanhada pelas concorrentes nos Estados Unidos, que viram as vendas desacelerarem por conta do avanço da variante Delta do novo coronavírus, mas que enxergam agora um horizonte otimista frente à redução do número de casos e com o recente anúncio da abertura das fronteiras do país para viajantes da Europa, que acontecerá em novembro.

A maior companhia aérea do mundo espera que o prejuízo líquido fique entre US$ 620 milhões e US$ 675 milhões (entre R$ 3,43 bilhões e R$ 3,73 bilhões) no período. Analistas norte-americanos preveem perdas de cerca de US$ 740 milhões (R$ 4,09 bilhões).

O anúncio oficial será feito em um webcast, na manhã do próximo dia 21 de outubro.

  • Receba as notícias de AERO diretamente das nossas redes sociais clicando aqui

Marcel Cardoso

Publicado em 12 de Outubro de 2021 às 18:25


Notícias noticias noticias de aviação American Prejuízo Trimestre Expectativa