Asas Rotativas

Abraphe alerta para crise com licença de pilotos

Falta de checadores ameaça mais de 300 pilotos de helicóptero


A ABRAPHE (Associação Brasileira de Pilotos de Helicóptero), em nota, alerta para o problema na falta de estrutura para a revalidação das licenças dos pilotos de helicóptero no Brasil.

A associação estima que mais de 300 pilotos percam o direito de operar regularmente nos próximos meses devido a falta de profissionais capacitados para a execução do cheque de revalidação.

A ABRAPHE afirma que, desde outubro de 2014, vem alertando a Superintendência da ANAC para o problema, considerando o acúmulo de processos abertos e as reclamações de seus associados. Duas prorrogações foram acatadas pela agência desde então, mas se sugere que haja uma ação paralela às prorrogações, um mutirão de cheques em todo país para suprir a demanda represada. O último ofício enviado neste sentido à Superintendência de Padrões Operacionais da ANAC foi no dia 24 de fevereiro.

"Apenas a prorrogação do prazo não resolve o problema, ao contrário, aumenta a demanda represada. É necessário desafogar o número de processos já abertos. Sem agenda e o oficial que faça nossa avaliação isso se torna impossível. Nós pilotos queremos operar regulares. Muitos podem perder o emprego sem a revalidação", explica o presidente da entidade cmte Jorge Faria.

Outra alternativa apresentada para contribuir na solução do problema foi a liberação dos cheques por checadores autônomos autorizados pela Agência, mas segundo a ANAC, esta ação ainda corre em análise devendo contar com um parecer só no segundo semestre deste ano.

Da redação

Publicado em 2 de Março de 2015 às 16:00


Notícias Abraphe ANAC helicóptero checador