FAA

“Regra final” da FAA para pousos sem visibilidade

Aeronaves com EFVS poderão pousar IFR até o toque na pista


 

A FAA emitiu uma “regra final” que permitirá a pilotos em aeronaves equipadas com sistemas de visão do voo avançados (EFVS, nas sua sigla em inglês) a fazer certas aproximações por instrumentos (IFR) até o toque na pista mesmo sem dispor de "visibilidade natural".

As regras existentes permitem uma descida até 100 pés (30 m) em algumas aproximações com auxílio do head-up display (HUD) e sistema de visão EVG, geralmente de imageamento por infravermelho. Com as novas regras que serão implantadas em 13 de março de 2018, os pilotos em aeronaves dotadas de EFVS estarão capacitados a prosseguir a aproximação até o pouso, usando apenas as imagens EVS projetadas no HUD.

As novas regras são flexíveis e não especificam sequer a necessidade de um HUD a bordo. É para um futuro, com os “displays vestíveis”, embora o piloto no comando (PIC) deva estar em condições de visualizar o cenário exterior pelo para-brisa. Todo piloto de monitoramento também deve ter o seu display mostrando imagens EFVS.

Ernesto Klotzel

Publicado em 15 de Dezembro de 2016 às 14:23


Notícias FAA EFVS IFR EVS HUD