Revisão antecipada

Fabricante de motores sugere inspeções antecipadas

Pratt & Whitney solicitou um exame de 2.000 h em um dos componentes dos motores que equipam os CSeries


A P&W, fabricante dos motores dos novos jatos comerciais Bombardier CSeries, solicitou às duas companhias que operam atualmente os dois modelos, que realizem inspeções antes do prazo em um componente, devido a uma série de problemas surgidos em voo que, em alguns casos exigiram pousos de emergência. 

A divisão Pratt & Whitney da United Technologies, informou que incluiu uma inspeção extra no revestimento interno do combustor no programa regular de manutenção do motor PW1500G sem qualquer comentário.

A Bombardier Inc. cujos jatos CSeries entraram em operação em 2016, disse que a Pratt & Whitney instruiu a Swiss International Airlines e a Air Baltic a inspecionar os revestimentos dos combustores dos motores a cada 2.000 horas de voo.  

A Bombardier também informou que a P&W estava instalando os combustores adequados que estarão nos motores da primeira aeronave CSeries da Korean Air Lines em meados do ano. O revestimento de aço faz parte da câmara de combustão do motor. Seu tempo de vida normal é de 6.000 horas.

Por Ernesto Klotzel

Publicado em 11 de Abril de 2017 às 12:32


Notícias Pratt & Whitney United Technologies Bombardier CSeries Korean Air