Países aliados

Caças aliados escoltam bombardeiros B-1B Lancer no Mar Negro

Aeronaves do Canadá, Dinamarca, Polônia e Turquia estiveram envolvidas


Bombardeiro B-1B Lancer

Bombardeiro B-1B Lancer prestes a ser reabastecido por um KC-135 turco - Foto: Força Aérea Turca

Caças do Canadá, Dinamarca e Polônia, nações aliadas dos EUA, escoltam bombardeiros estratégicos B-1B Lancer da força aérea dos EUA, Usaf, sobre o Mar Negro, no último dia 6 de novembro.

A escolta aconteceu desde a decolagem dos bombardeiros da base de Fairford, no Reino Unido, passando pela Europa Oriental, até o destino final, a região do Mar Negro.

Quando chegaram ao seu destino, os Lancer simularam ataques ostensivos e manobras defensivas, afim de treinar as tripulações.

“Ter a capacidade de mover ativos essenciais em todo o mundo e em todo o continente a qualquer momento dá à nossa Aliança a capacidade de responder e combater ameaças em qualquer lugar, a qualquer hora”, disse o general Jeff Harrigian, Comandante do Comando Aéreo Aliado, a OTAN.

Ainda durante essa missão, os bombardeiros dos EUA foram reabastecidos por um KC-135 turco, o que reforça a aliança norte-americana com seus mais diferentes aliados.

No entanto, as relações entre os EUA a Turquia não está tão amistosa, um dos motivos foi a compra turca do sistema russo de defesa aérea S-400, o que em nada agradou os EUA, que suspenderam a venda de caças furtivos F-35A aos turcos.

 

  • Receba as notícias de AERO diretamente das nossas redes sociais clicando aqui

 

André Magalhães

Publicado em 9 de Novembro de 2021 às 12:15


Notícias notícias de aviação aeronave avião aviação bombardeiro b1b lancer usa usaf marnegro