Atenção a Qualidade

Boeing encontra objetos estranhos nos tanques de combustível do 737 MAX

Fabricante enfrenta uma série de problemas relacionado a qualidade de construção de seus aviões


A Boeing descobriu que alguns 737 MAX produzidos em 2019 contam com ‘objetos estranhos’, em seus tanques de combustível. O chamado FOD (Foreign Object Debris) ou detritos de objetos estranhos, foram encontrados durante a manutenção preventiva que está sendo aplicada aos aviões que foram construídos, mas ainda não entregues a seus operadores.

Todos os mais de 400 aviões da família 737 MAX produzidos e armazenados estão sendo inspecionados e alguns aviões apresentaram objetos estranhos nos tanques. O processo envolve uma manutenção de até três dias, que incluiu a drenagem completa dos tanques, onde equipes avaliam as condições dos sistemas, bombas, estruturas, entre outros. Em algumas vistorias as equipes encontraram tais objetos.

LEIA TAMBÉM

Ainda que a princípio não comprometam a segurança da operação, visto que alguns aviões inclusive voaram com as partículas em seus tanques, o problema aponta uma falha no processo de controle de qualidade na linha de produção.

Atualmente a Boeing enfrenta um problema similar, relacionado a FOD, em relação aos aviões KC-46A Pegasus, destinados a força aérea dos Estados Unidos. Alguns aviões foram entregues com objetos desconhecidos (que não fazem parte do avião) soltos dentro da cabine e no piso. Além disso, o problema também envolve os 787 Dreamliner produzidos na unidade de Charleston, na Carolina do Sul, que tiveram diversos casos de FOD a bordo.

Ainda que existam complexos procedimentos de verificação para evitar que objetos sejam esquecidos dentro das aeronaves, os casos tem se acumulado na Boeing. Em mensagens aos funcionários, Mark Jenks, vice-presidente e gerente geral do programa 737, apontou que a existência de FOD é inaceitável e que espera solucionar imediatamente o problema.

Abaixo íntegra do e-mail interno  divulgado por Mark Jenks, vice-presidente e gerente geral do programa 737:

Equipe,

Durante esses tempos difíceis, nossos clientes e o público contam conosco para fazer o nosso melhor trabalho todos os dias. É por isso que estamos agindo após uma série de detritos terem sido encontrados recentemente nos tanques de combustível de vários 737 MAX armazenados.

O FOD é absolutamente inaceitável. Um esquecimento já é demais. Com sua ajuda e foco, eliminaremos o FOD do nosso sistema de produção.

Já realizamos uma série de reuniões em Renton com colegas da equipe de produção para compartilhar um novo processo para cessar o FOD. Esse processo inclui:

Instruções atualizadas e listas de verificação necessárias para colegas de equipe que trabalham nas áreas de células de combustível.

Verificações adicionais, incluindo inspeções, auditorias e verificações em nosso processo de selagem dos tanques para garantir que não haja nenhum FOD dentro dos tanques de combustível.

Novas sinalizações acrescentadas nessas áreas de trabalho para ajudar a lembrar os colegas das etapas apropriadas a serem seguidas.

O sucesso desta iniciativa depende de você. Precisamos de toda a nossa equipe para fazer disso uma prioridade. Obrigado por seu compromisso de colocar segurança, qualidade e integridade em tudo o que fazemos.

Mark

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 19 de Fevereiro de 2020 às 16:00


Notícias notícia de aviação aeronave avião Boeing 737 MAX 737 MAX KC-46 787 Dreamliner