Aniversário

Boeing completa 100 anos nesta sexta-feira

Confira a história do maior fabricante aeroespacial e sinônimo de avião em todo o mundo


A Boeing comemora 100 anos de história hoje, dia 15 de julho de 2016, sendo o maior conglomerado do setor aeroespacial do mundo. Com encomendas de vários bilhões de dólares, a empresa norte-americana desenvolve plataformas de defesa, aviões comerciais, sistemas de defesa, projetos espaciais, acordos de serviços, entre outros.

A origem do fabricante é ligada ao estudante da Universidade de Yale, William Edward Boeing. Seu pai, Wilhelm Böing, um bem sucedido empresário alemão havia migrado para os Estados Unidos e se fixado em Detroit, Michigan, e fez fortuna no setor de mineração e madeira. Curiosamente, optou por batizar seu filho com a forma inglesa do sobrenome que se tornaria referência mundial e atualmente é sinônimo de avião grande em muitos países.

William E. Boeing estudou na Suíça e em Yale, mas deixou a universidade em 1903 para tocar um negócio de exploração de madeira na distante região do Lake Superior, na costa oeste do país norte-americano. Sua empreitada teve grande sucesso ao conseguir levar madeira para a costa leste através do Canal do Panamá, reduzindo os custos e o tempo gastos anteriormente com esta operação. Sua experiência com madeira e transporte marítimo o levou a adquirir o estaleito Heath, de Seattle.

Em 15 de julho de 1916, rebatizou a empresa como Pacific Aero Products Co., que desenvolveu um pequeno hidroavião, batizado de B & W Seaplane (mais tarde Boeing Model 1). O objetivo era vender o modelo a marinha dos Estados Unidos, que não se interessou pelo projeto. Ainda assim, a New Zealand Flying School, adquiriu alguns exemplares.

Se o primeiro projeto não foi um sucesso, o pequeno fabricante, já rebatizado como Boeing Airplane, passou a desenvolver aeronaves cada vez mais bem-sucedidas. Ao longo dos anos a Boeing passou a absorver diversos concorrentes. A maior parte deles eram muito maiores em determinado ponto da história, mas sucumbiram por não suportar o peso das inovações do fabricante de Seattle.

A North American, famosa pelos P-51 Mustang e uma das mais bem cotadas empresas de aeronáutica do Pentagono, foi absorvida sem deixar saudades. A icônica McDonnell Douglas, resultado da fusão de dois símbolos da indústria aeroespacial, agonizava diante do sucesso da Boeing e acabou sendo adquirida em 1997, restando apenas parte do logo, que logo foi incorporado ao da Boeing.


Veja os principais modelos que fizeram a história da Boeing nesses 100 anos:

Boeing 314 Clipper - Mesmo com apenas doze unidades produzidas o modelo era um dos poucos a permitir voos transoceanicos e a viabilização de voos regulares entre os continentes

 

Boeing 307 Stratoliner - O primeiro avião comercial pressurizado teve apenas dez unidades produzidas

 

Boeing B-17 Flying Fortress - O principal bombardeiro norte-americano nas campanhas da Europa, durante a Segunda Guerra Mundial

 

B-29 Superfortress - Foi responsável por permitir ataques maciços ao Império Japonês durante a Segunda Guerra Mundial e se tornou o único modelo a empregar armas nucleares em uma guerra

 

Boeing 377 Stratocruiser - Derivado do B-29, o modelo foi o primeiro avião comercial de relativo sucesso da Boeing. Rivalizava em alcance e capacidade com o Lockheed Constellation e Douglas DC-6

 

Boeing 707 - Derivado do transporte e reabastecedor do KC-135, o 707 garantiu à Boeing a liderança no mercado de aviação comercial e transformou a indústria de transporte aéreo

 

Boeing 727 - Considerado por muitos o mais belo avião comercial a jato, o 727 popularizou os voos domésticos e intracontinentais ao redor do mundo

 

Boeing 737 - O maior sucesso de vendas da história da aviação comercial. O 737 em suas quatro gerações mundou o transporte aéreo permitindo sua completa popularização

 

Boeing 747 - O maior avião de seu tempo, o Jumbo foi um divisor de águas no transporte aéreo, dando continuidante à revolução iniciada pelo 707

 

Boeing 777 - Herdeiro do legado do setror de aviação comercial da Boeing, o Triple Seven foi criado para atender voos domésticos costa a costa nos Estados Unidos e voos no Atlantico Norte. Sua enorme capacidade e versões com maior alcance e capacidade quebrou paradigmas e se tornou o avião de longo curso mais popular dos últimos anos

 

Boeing 787 Dreamliner - O mais moderno avião da atualidade, o Dreamliner novamente ajudou a Boeing a quebrar paradigmas. Construído em materiais compostos e sistemas elétricos de alta performance, o modelo se redmiu de seus erros iniciais e se tornou um novo sucesso

Boeing CH-47 Chinook - Um dos mais importantes helicópteros de transporte da história é visto como de vital importância para as forças armadas de muitos países

 

Boeing AH-64 Apache - Desenvolvido originalmente pela Hughes Aircraft, o Apache sob a responsabilidade da Boeing se tornou uma plataforma de combate extremamete eficaz

 

Boeing B-52 Stratofortress - O punho de aço da força aérea dos Estados Unidos foi desenvolvido na década de 1950 e deverá se manter em serviço até meados de 2040

 

Programa Apollo - A Boeing foi uma das empresas responsáveis por desenvolver o programa Apollo, que levou o homem até a Lua

 

Estação Espacial Internacional - A Boeing é uma das empresas responsáveis pelo projeto e construção da estação espacial. Atualmente trabalha em uma série de outros projetos voltados ao espaço, como uma nave tripulada

Da redação

Publicado em 15 de Julho de 2016 às 16:00


Notícias