Fuselagem mais longa

Airbus A350-1000 recebe certificação de tipo de Easa e FAA

Maior integrante da família deve ser entregue antes do fim do ano para a Qatar Airways


 
A nova versão da família A350 da Airbus acaba de receber a certificação de tipo das agências europeia e norte-americana de aviação. A aeronave certificada possui motores Rolls-Royce Trent XWB-97. O A350-1000, o maior da família, recebe o aval de EASA e FAA menos de um ano após o seu primeiro voo, se valendo da experiência com seus irmãos. A primeira unidade deve ser entregue para a Qatar Airways antes do fim do ano.

As três aeronaves A350-1000 de testes de voo com motores Rolls-Royce acumularam mais de 1.600 horas de voo. Segundo a Airbus, o novo avião possui um alto nível de uniformização com o A350-900, com 95% de números de componentes em comum e Mesma Classificação de Tipo. Sua principal diferença é possuir uma fuselagem mais longa para acomodar 40 passageiros a mais do que o A350-900 (em uma configuração típica de 3 classes), além de uma borda de arrasto da asa modificada, novo trem de pouso principal de seis rodas, e motores Rolls-Royce Trent XWB-97 mais potentes.

O A350-1000 será voltado para algumas das rotas de longo curso mais movimentadas. Até o momento, o modelo tem 11 clientes de cinco continentes com um total de 169 encomendas. 
Da redação

Publicado em 24 de Novembro de 2017 às 09:45


Notícias