Aviação comercial

Venezuela negocia a compra de 20 E-Jets

País sul-americano quer crédito do BNDES para adquirir aviões da Embraer


A Venezuela negocia com o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) crédito de mais de US$ 810 milhões para a compra de 20 E-Jets da Embraer. Em programa de rádio, o presidente venezuelano, Hugo Chávez, já agradece ao governo brasileiro pelo crédito e explica que seu país precisa de uma boa linha aérea. Uma vez aprovada a negociação, os aviões da Embraer voarão pela Conviasa, companhia aérea estatal da Venezuela. Chávez também estaria de olho em quatro Airbus A340-500 de uma companhia dos Emirados Árabes, no valor de US$ 60 milhões por aeronave.

Da Redação

Publicado em 23 de Janeiro de 2012 às 12:40


Notícias