Aviação militar

USAF cancela temporariamente contrato com Embraer

A concorrente Hawker Beechcraft contesta resultado da licitação


Força Aérea dos Estados Unidos (USAF) suspende temporariamente contrato que previa a compra de 20 aviões Embraer A-29 Super Tucano, negociação avaliada em US$ 355 milhões. A decisão se deu por conta da Hawker Beechcraft, concorrente da Embraer, ter aberto processo que contesta o resultado da licitação. "A concorrência e a avaliação de seleção foram justas, abertas e transparentes. A USAF está confiante nos méritos de sua decisão de concessão do contrato e espera que o litígio seja rapidamente resolvido", disse John Dorrian, porta-voz da Força Aérea norte-americana. A Embraer não se pronunciou sobre o assunto.

LEIA MAIS: Embraer vende 20 Super Tucano à USAF

Da redação

Publicado em 5 de Janeiro de 2012 às 12:08


Notícias