Aviação Militar

Tucano completa 35 anos

Treinador avançado aliou baixo custo com elevada performance


Um dos ícones da indústria aeronáutica mundial, o Embraer 312 Tucano completa 35 anos.
O modelo surgiu da necessidade da Força Aérea Brasileira de substituir seus veteranos Cessna T-37, utilizados como treinador avançado. O projeto básico previa uma aeronave monoturbo-hélice, biplace, performance elevada e grande manobrabilidade, além de baixo custo operacional e de aquisição.

A então estatal Embraer foi tida como candidata natural ao projeto e o acordo para a proução do novo treinador foi celebrado em dezembro de 1978. O primeiro protótipo decolou pela primeira vez, da unidade da Embraer de São José dos Campos, em 19 de agosto de 1980.

Desde então o modelo se tornou um dos treinadores avançados mais populares do mundo, com clientes em diversos países. Além disso, uma série de modificações tornou o Tucano apto a operar como aeronave de ataque e interceptação leve.

Anos mais tarde, a Embraer desenvolveu o Super Tucano baseado na experiência obtida com o Tucano.

Da redação

Publicado em 20 de Agosto de 2015 às 16:00


Notícias Embraer Tucano Cessna T-27 FAB