Raios

Raios atingem aviões da Alaska Airlines

A incidência de raios em jatos comerciais não é uma ocorrência rara


Em voo sobre o sudeste do Alaska, dois jatos da Alaska Airlines foram alvo de raios e, segundo as normas da companhia aérea, foram retiradas de serviço para as devidas inspeções. 

O primeiro raio atingiu o Voo 62 que se preparava para pousar em Sitka com 98 passageiros a bordo. A operação deu-se normalmente. A Alaska enviou uma aeronave de reserva de Seattle para o prosseguimento da viagem. O segundo jato que passou pela experiência foi do Voo 66, de Anchorage a Cordova, cujas escalas restantes foram canceladas. 

A incidência de raios em jatos comerciais não é uma ocorrência rara e o projeto dos mesmos conduz à mais rápida dissipação de sua presença, embora não tenha efeito sobre os motores. Qualquer ocorrência do gênero – por menor que seja – é tratada com seriedade tirando a aeronave de serviço até que seja minuciosamente inspecionada.

Ernesto Klotzel

Publicado em 20 de Dezembro de 2016 às 14:25


Notícias Alaska Airlines