Redenção

O 767 pode voltar a ser produzido?

Descontinuado a três anos, versão de passageiros do avião da Boeing é um dos principais aviões da frota da United e não tem substituto


O mercado tem acompanhado com atenção as negociações da United Airlines para substituição da sua frota de Boeing 767. O modelo, que é um dos principais aviões da frota da companhia aérea norte-americana, voando tanto voos domésticos de elevada densidade como voos internacionais, não encontrou um substituto viável.

O Boeing 767, em sua versão de passageiros, foi descontinuado há 3 anos, deixando vago o mercado que ocupa. Embora o 787 Dreamliner tenha sido concebido para preencher essa lacuna deixada pelos veteranos 767, sua capacidade e seu alcance acabaram superando as necessidades para alguns operadores.

A United Airlines não confirma a movimentação, mas existe a possibilidade de a Boeing retomar a produção do 767-300, em sua versão de passageiros. A linha de produção atual é dedicada à versão cargueira e à militar, esta última encomendada pela força aérea dos Estados Unidos.

Por Ernesto Klotzel e Edmundo Ubiratan

Publicado em 10 de Novembro de 2017 às 09:00


Notícias Boeing 767 United