Aviação Militar

Lockheed Martin sugere substituto do SR-71

SR-72 Blackbird deve começar testes de voo em 2018 para entrar em operação em 2030


A Lockheed Martin, através do laboratório Shunk Works, deve propor à Força Aérea norte-americana um poderoso substituto ao já aposentado SR-71 Blackbird. Os engenheiros desenvolveram um avião não tripulado, totalmente construído em titânio e capaz de voar acima de Mach 6. O projeto, batizado de SR-72 Blackbird, deverá ter os testes em voo iniciados em meados de 2018, com a entrada em operação ocorrendo aproximadamente em 2030. Porém, ao contrário do irmão mais velho, criado o objetivo exclusivo de fotografar o território inimigo, o SR-72 poderá ser empregado como veículo aéreo de ataque, disparando mísseis ar-ar e ar-terra. O SR-72 é fruto dos estudos do HCV (Hypersonic Cruise Vehicle) desenvolvido pela DARPA (Defense Advanced Research Projects), o poderoso laboratório militar do mundo, sob o controle do Pentágono.

O HCV vem sendo estudado desde meados da década de 1980, que gerou uma série de conceitos, entre eles o Blackswift, que vem testando um novo conceito de avião hipersônico. O conceito previa um design limpo, típico de aeronaves não tripuladas, produzido com novos materiais compostos e impulsionado por um motor híbrido, combinando um motor a jato convencional a um motor Scramjet. O motor convencional é utilizado até atingir Mach 2, quando o impacto dinâmico do ar possui velocidade e fluxo suficiente para manter o pleno funcionamento do motor Scramjet.

O mais recente projeto do HCV foi o HTV-3X, um pequeno avião experimental não tripulado, que atingiu Mach 4, utilizando um motor turbojato convencional, construído com base na tecnologia desenvolvida para o RATTLRS (Revolutionary Approach To Time Critical Long Range Strike), um míssil de cruzeiro que deverá substituir o veterano BGM-109 Tomahawk.
O motor do RATTLRS é um Rolls Royce YJ102R, montado no míssil de forma similar aos motores do Blackbird. Com isso, o motor obtém a máxima performance, aproveitando boa parte da pressão dinâmica do ar e atingindo velocidades acima de Mach 4.

Da redação

Publicado em 4 de Novembro de 2013 às 21:26


Notícias Lockheed Martin Shunk Works SR-72 Blackbird HCV DARPA Blackswift Scramjet RATTLRS Rolls Royce YJ102R Mach 4 HTV-3X