Industria

Embraer terá cinco aviões de testes da família E-Jet E2

Eles serão usados na campanha de certificação da aeronave. Anúncio foi feito durante feira aeronáutica de Dubai


Durante o Dubai Air Show, Paulo Cesar Silva, executivo da Embraer Aviação Comercial, declarou que a empresa planeja ter seis Embraer E-Jet E2 na campanha de testes e certificação. Inicialmente serão três protótipos do E190-E2 e dois E195-E2, que devem estar voando até o final de 2016, seguido de um terceiro E195-E2, no início de 2017. Entretanto, não foi confirmado quantos protótipos serão do E175-E2, a versão de menor capacidade da nova família. O primeiro protótipo do E190-E2 (PR-ZEY) está em fase avançada de construção, devendo ser completado ainda nas próximas semanas.

A nova família E-Jet E-2 é a segunda geração da consagrada família de jatos regionais da Embraer. Os novos aviões contam com uma série de inovações, como os novos motores Pratt & Whitney PurePower (PW1700G no E175-E2 e PW1900G no E190-E2 e E195-E2), novas asas, controles de voo totalmente fly-by-wire e avanços em outros sistemas que deverão resultar em melhorias de dois dígitos no consumo de combustível, custos de manutenção, emissões de CO² e no ruído externo em comparação à atual geração de E-Jets.

Em uma configuração típica de classe única, o E175-E2 foi estendido em uma fileira de assentos, em comparação com o E175 da geração atual, e terá capacidade para até 88 passageiros, enquanto o E190-E2 mantém o mesmo tamanho do E190, de até 106 lugares. Já o E195-E2, em comparação com o atual E195, cresceu três filas de assentos e pode acomodar até 132 assentos.

O E190-E2 deverá entrar em serviço no primeiro semestre de 2018. O E195-E2 está programado para entrar em serviço em 2019 e o E175-E2 em 2020.

Da redação

Publicado em 13 de Novembro de 2015 às 12:00


Notícias Embraer Pratt & Whitney E190-E2 E195-E2 E-Jet Pure Power