Fingiu de morto

Cães farejadores falham em aeroportos dos Estados Unidos

Equipes K-9 da TSA não encontraram diversos artigos explosivos em simulações


As equipes K-9 de cães treinados e especializados em detectar explosivos falharam em dez aeroportos dos Estados Unidos, ao não conseguirem identificar explosivos que poderiam estar ocultos em bagagens ou peças de roupa e ainda provocarem um número excessivo de alarmes falsos, que poderiam causar evacuações desncessárias nos locais.

Com média de erros de 30%, o resultado divulgado recentemente é referente a 52 testes de simulação realizados entre 1 de janeiro de 2013 e 15 de junho de 2015. As equipes K-9 são amparadas pela TSA (Transportation Security Administration), agência criada após o 11 de setembro para aumentar a segurança em aeroportos.

Ernesto Klotzel

Publicado em 16 de Setembro de 2016 às 15:00


Notícias TSA