Aviação Militar


IAI
ISRAELENSES DE OLHO NA AMÉRICA LATINA
A Israel Aerospace Industries (IAI) pretende promover suas aeronaves especializadas em missões especiais em território latino-americano, principalmente no Brasil e no Chile. No ano passado, a também israelense Elta Systems, subsidiária da IAI, converteu e entregou um compacto sistema aéreo tripulado especializado em missões de inteligência, vigilância e reconhecimento (ISR) para a Colômbia. Sabe-se que alguns exemplares do Beechcraft King Air 350, dotados de sistema datalink ELI-3120, estão em serviço, mas a identificação dos usuários é mantida em sigilo. O volume de negócios fechados no continente alcança US$ 100 milhões, revelou uma fonte da Elta.

INDRA CONCLUI VANT PELICANO
A Indra conclui o desenvolvimento do Pelicano, um VANT (veículo aéreo não tripulado) de asas rotativas. O helicóptero realizou voo de demonstração no aeródromo de Marugán, na Espanha, durante a UNVEX’12 Conferência e Exposição, feira de sistemas não-tripulados. Durante o curso da exibição de voo, a aeribave completou a missão previamente estabelecida de forma totalmente autônoma, desde a decolagem até a aterrisagem. A capacidade de pouso e decolagem vertical e a pequena estrutura do Pelicano atendem às necessidades da infraestrutura petroleira e operações embarcadas.

Agência Força Aérea

OPERAÇÃO ÁGATA INUTILIZA PISTA CLANDESTINA NA AMAZÔNIA
Como parte da Operação Ágata 4, aviões de combate A-29 Super Tucano da Força Aérea Brasileira inutilizaram, em maio último, uma pista clandestina localizada a 218 quilômetros de Boa Vista (RO), usada pelo garimpo ilegal. Para executar a missão, a FAB destacou dois A-29 que pertencem ao Primeiro Esquadrão do Terceiro Grupo de Aviação (1º/3º GAv), Esquadrão Escorpião, ambos carregados com bombas BAFG-230 (Bombas Aéreas de Fins Gerais de 230 kg.). Os explosivos foram lançados sobre a pista causando a formação de crateras com 10 metros de diâmetro e três metros de profundidade. “O ataque foi muito preciso”, afirmou o tenente-coronel Mauro Bellintani, comandante do Esquadrão Escorpião. De acordo com o EMCFA (Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas), há outras 11 pistas clandestinas localizadas na região, fato que deve demandar novas operações desse tipo.

PRIMEIRA MULHER NO COMANDO DO C-130
A tenente-aviadora Joyce de Souza Conceição se tornou a primeira piloto feminina da FAB apta a comandar o C-130 Hércules, aeronave de transporte. A oficial alcançou a nomeação após ter cumprido seu último voo de instrução na Base Aérea de Canoas (RS). A etapa foi realizada a bordo de um C-130 do Primeiro Esquadrão do Primeiro Grupo de Transporte (1º/1º GT), Esquadrão Gordo. Formada pela AFA há quase seis anos, a oficial é uma das 11 integrantes da primeira turma de pilotos mulheres da FAB.

Agência Força Aérea

FAB PROMOVE DUPLA COMEMORAÇÃO
No final de maio último, foram comemorados os 70 anos de atividade da Aviação de Patrulha da Força Aérea Brasileira (FAB). A celebração aconteceu na Base Aérea de Salvador (BASV), sede do Primeiro Esquadrão do Sétimo Grupo de Aviação (1º/7º GAv), o Esquadrão Orungan, com efetiva participação de veteranos. Outro motivo de comemoração foi a chegada dos quadrimotores turbo-hélices P-3AM de patrulhamento marítimo. Eles representam um significativo salto para o Brasil em termos de poder de dissuasão naval e capacidade de atuação aérea sobre a extensa porção de águas jurisdicionais brasileiras no Atlântico Sul.

Ivan Plavetz

Publicado em 13 de Junho de 2012 às 11:19


Notícias

Artigo publicado nesta revista

Titulo

AERO Magazine 217 · Junho/2012 · Titulo