Cidade marciana

Uma cidade totalmente nova... em Marte

Um ambicioso plano dos Emirados Árabes Unidos

Ernesto Klotzel em 17 de Fevereiro de 2017 às 17:57

O projeto, que seria conhecido por Mars 2117, envolveria a criação de uma minicidade em Marte, e incluiria cooperação internacional. Não falta dinheiro aos Emirados Árabes Unidos (UAE) graças às receitas geradas pela abundante presença de óleo e gás no seu subsolo, além de Dubai, com seu luxo, imponentes edificações e polo de negócios, turismo e lazer. Não bastasse a euforia urbanística, os UAE já anunciavam a construção da “Cidade da Felicidade”.

Tudo isso pode ser eclipsado pela mais nova iniciativa, anunciada recentemente durante a Cúpula do Governo Mundial, realizada em Dubai: a UAE planeja erguer a primeira cidade no planeta Marte em 2117. O conceito, agora apresentado por engenheiros por ocasião do evento, aponta para uma cidade do tamanho de Chicago.

O Sheikh Mohammed Bin Rashid Al Maktoum, todo-poderoso de Dubai e vice-presidente dos UAE, mostrou-se confiante com relação ao projeto: “A ambição humana não conhece limites e qualquer um que olha para os avanços científicos no atual século, acredita que as habilidades humanas podem concretizar o mais importante sonho do ser humano” afirmou.

 A despeito da grandiosa natureza da ideia, o plano de 100 anos faz ênfase nas etapas mais importantes “O Projeto Mars 2117 é de longo prazo e o primeiro passo é criar um apelo às viagens espaciais entre os jovens do Emirados, com atenção especial às ciências do espaço, oferecidas por universidades dos UAE. O Projeto criaria ainda uma equipe científica dos Emirados que incluiria cientistas internacionais 

Não seria a primeira experiência dos estados do Golfo em viagens espaciais. Os UAE lançaram sua agência espacial em 2014 em parceria com agências similares da França e da Inglaterra. Entre os próximos planos está o lançamento de uma sonda não-tripulada para Marte em 2021.

Para os UAE, incluir o espaço em seus planos de longo prazo significa tentar se livrar da dependência quase total das indústrias de óleo, gás e atividades correlatas. Enquanto isso, para a sorte de todos, ainda existirá dinheiro mais do que suficiente para investimentos em Marte.


Notícias Emirados Árabes Unidos Marte Cúpula do Governo Mudial Dubai


Airbus, Nova Rival da Embraer

Assine

Impressa
1 ano
Impressa
2 anos
PDF/Android
1 ano
iPad/iPhone
1 ano

Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 216,00R$ 432,00R$ 216,00R$ 216,00
Assine Agora porR$ 172,80R$ 302,40R$ 56,70R$ 56,70
Desconto
EconomizaR$ 43,20R$ 129,60R$ 159,30R$ 159,30
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 57,60 6x R$ 50,40
Assinando agora você GANHA também CHAVEIRO PORTA COPOS
Airbus, Nova Rival da Embraer

Alguns valores poderão variar dependendo da cotação do dólar

Receba o boletim AERO Magazine

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas