Notícias

Da redação em 6 de Dezembro de 2011 às 13:00

Agência força aérea

Cão paraquedista
A FAB (Força Aérea Brasileira) realizou um salto inusitado de paraquedas durante a Operação Saci, em novembro último, na Base Aérea dos Afonsos (RJ). Em meio aos paraquedistas estava Adam, um cão da raça Rottweiler que integra o 36º Pelotão de Polícia do Exército. Com oito anos de idade, Adam é um animal operacional. Empregado como cão de ataque, ele atua em missões de patrulha e esteve presente em operações de grande porte, como a pacificação do Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro. A Operação Saci, evento de adestramento que envolve unidades da FAB e do Exército do Brasil, teve a participação de 1600 militares. O auge da operação ocorreu no dia 18, quando tropas e cargas foram lançadas de paraquedas para simular a retomada de um território ocupado por forças inimigas, na Zona de Lançamento de Itaguaí, no Rio de Janeiro.

Saab

Simulador do Gripen
Durante o evento Open Innovation Seminar, realizado em São Paulo, a Saab, empresa de defesa e segurança com matriz na Suécia, exibiu o simulador de caça Gripen. O modelo Gripen NG é um dos candidatos do programa de reaparelhamento de caças da FAB. Os visitantes puderam experimentar, com orientação de um ex-piloto da Força Aérea Sueca, hoje promotor do Gripen, a performance no próprio cockpit do moderno caça, já adotado pela República Tcheca (14 aeronaves), Hungria (14), Tailândia (6) e África do Sul (26), além da própria Suécia (204) e mais recentemente da Suíça. A demonstração incluiu desde a decolagem, aspectos de manobrabilidade, informações dos painéis digitais bem como do head up display. Em outubro, o vice-presidente da divisão de marketing da organização, Åke Albertsson, assumiu o cargo de gerente geral no Brasil, com a meta de fortalecer vínculos com a indústria e a pesquisa acadêmica brasileira - e entre instituições governamentais suecas e brasileiras.

FAB

Super tucano é certificado nos EUA
O avião de ataque leve e treinamento avançado Super Tucano da Embraer recebeu em outubro último a certificação da Administração Federal de Aviação (FAA) dos Estados Unidos. O Super Tucano deve iniciar uma série de demonstrações em bases militares norte-americanas e criar novas oportunidades de negócios para a Embraer Defesa e Segurança no mercado internacional. Atualmente existem mais de 150 Super Tucano em operação em seis países, incluindo o Brasil. Essas aeronaves já acumularam 130 mil horas de vôo e 18 mil horas de combate sem nenhuma perda. Recentemente, a Indonésia escolheu o modelo para substituir os veteranos North American Rockwell OV-10 Bronco da Força Aérea da Indonésia. Para Luiz Carlos Aguiar, presidente da Embraer Defesa e Segurança, a certificação deve ampliar a aceitação da aeronave no mercado norte-americano. A Tactical Air Support (TacAir), empresa de consultoria em treinamento de táticas militares, já adquiriu um exemplar da aeronave, por meio de um contrato de leasing.

Embraer

Prioridade para a indústria brasileira
Representantes da Embraer e da Força Aérea Brasileira (FAB) enfatizaram que as indústrias nacionais terão prioridade no programa KC-390, que visa o desenvolvimento de uma aeronave para transporte militar tático e logístico. O novo jato substituirá os veteranos C-130 Hércules. Os especialistas calculam que o programa deverá gerar cerca de 12.600 empregos internamente e um faturamento da ordem de US$ 20 bilhões em exportações para o país. O KC-390 já possui 28 intenções de compra da Força Aérea Brasileira (FAB), do Chile (6), Colômbia (12), Argentina (6), Portugal (6) e República Tcheca (2).

FAB

Musal recebe avião presidencial VC-96
O Museu Aeroespacial (Musal), do Rio de Janeiro, recebeu uma das duas aeronaves VC-96 (Boeing 737-200), que operaram por 34 anos e prestaram serviços de transporte para sete presidentes brasileiros. O exemplar incorporado ao acervo, de matrícula 2115, voou entre agosto de 1976 e abril de 2010, acumulando 20 mil pousos em missões de transporte presidencial. Os dois VC-96 da FAB foram substituídos no ano passado por modernas aeronaves VC-2 (Embraer 190).

P-3AM em ação
O novo patrulheiro da FAB (Força Aérea Brasileira), o P3-AM, realizou sua primeira missão de resgate. A aeronave localizou um veleiro de bandeira holandesa, o Rolleman, que estava há dois dias à deriva. A embarcação estava a cerca de 315 quilômetros do litoral do Rio de Janeiro. O velejador Albert Deschiper, de 72 anos, havia saído da Holanda quase um mês antes e tinha como destino Lapaloma, no Uruguai. Deschiper se perdeu na região da Bacia de Campos. "A rapidez com que o Rolleman foi encontrado mostra a capacidade do P-3AM", afirma o tenente-coronel Paulo Rogério Sobrinho, chefe de operações do Esquadrão Orugan.

Modernização do C-1 Trader para a marinha
A Diretoria de Aeronáutica da Marinha (DAerM) assinou com a empresa norte-americana Marsh Aviation Company, com sede no Arizona (EUA), um contrato referente à modernização de quatro dos oito bimotores Grumman C-1A adquiridos em bom estado dos estoques da Marinha dos Estados Unidos. Os exemplares serão convertidos para o padrão KC-2 Turbo Trader e desempenharão missões COD/ARR (Carrier-on-Board Delivery/ Air-to-Air Refueling). As missões COD consistem em voos de ligação entre bases terrestres e navios-aeródromo, que, neste caso, é o A-12 São Paulo, da Marinha do Brasil (MB). Já as missões ARR (reabastecimento ar-ar) serão desempenhadas em apoio aos jatos de combate AF-1 e AF-1A Falcão do Esquadrão VF-1, aeronaves que atualmente encontram-se no início do processo de modernização pela Embraer.


Aviação Militar

Artigo publicado nesta revista


Airbus, Nova Rival da Embraer

Assine

Impressa
1 ano
Impressa
2 anos
PDF/Android
1 ano
iPad/iPhone
1 ano

Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 216,00R$ 432,00R$ 216,00R$ 216,00
Assine Agora porR$ 172,80R$ 302,40R$ 56,70R$ 56,70
Desconto
EconomizaR$ 43,20R$ 129,60R$ 159,30R$ 159,30
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 57,60 6x R$ 50,40
Assinando agora você GANHA também CHAVEIRO PORTA COPOS
Airbus, Nova Rival da Embraer

Alguns valores poderão variar dependendo da cotação do dólar

Receba o boletim AERO Magazine

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas