Donald Trump

FAA proíbe sobrevoo da Trump Tower

Protocolo de segurança também restringe voos em grande parte de Manhattan

Ernesto Klotzel em 13 de Novembro de 2016 às 13:02

O bilionário Donald J. Trump mal venceu as eleições e a rotina do novo presidente já criou polêmica para os moradores de Nova York. Seguindo o rígido protocolo de segurança para autoridades norte-americanas, o Serviço Secreto isolou a quadra onde fica a Trump Tower, assim como uma notificação proíbe voos próximos ao luxuoso edifício e grande parte de Manhattan.

O espaço aéreo será liberado em 20 de janeiro, quando Trump tomar posse. Até lá, como é padrão nos Estados Unidos, a precavida proteção a chefe de Estado fará com que ele continue cercado de grande preocupação e restrições aéreas. Caso alguma ameaça seja detectada, o uso de força letal é autorizada, incluindo o abate de alguma aeronave que sobrevoe a zona de exclusão.

A proibição de voos em Manhattan vale do nível do solo até uma altiura de 3.000 pés (900 m), enquanto a restrição para a residência de Pence, vice-presidente de Trump, em Indianapolis, vai até os 1.500 pés (450 m). Uma das preocupações das autoridades são os drones, que são difíceis de serem monitorados e podem voar sem muita dificuldade ao redor do prédio.


Notícias Donald Trump Mike Price Trump Tower


Airbus, Nova Rival da Embraer

Assine

Impressa
1 ano
Impressa
2 anos
PDF/Android
1 ano
iPad/iPhone
1 ano

Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 216,00R$ 432,00R$ 216,00R$ 216,00
Assine Agora porR$ 172,80R$ 302,40R$ 56,70R$ 56,70
Desconto
EconomizaR$ 43,20R$ 129,60R$ 159,30R$ 159,30
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 57,60 6x R$ 50,40
Assinando agora você GANHA também CHAVEIRO PORTA COPOS
Airbus, Nova Rival da Embraer

Alguns valores poderão variar dependendo da cotação do dólar

Receba o boletim AERO Magazine

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas