China

China estuda plano para melhorar sua aviação geral

Programa-piloto terá dois anos para expandir o setor

Por Ernesto Klotzel em 28 de Março de 2017 às 11:43

O governo chinês deseja ampliar as atividades da aviação geral em quatro regiões do país. O plano foi anunciado pela Administração da Aviação Civil da China (CAAC), envolvendo esforços para aumentar a eficiência, serviços e regulamentações nas regiões Nordeste, Leste, Noroeste e Xinjiang.

Na região Nordeste, haverá esforços para simplificar os processos de licenciamento, supervisão dos regulamentos para atividades não-comerciais e normas de segurança para aeroportos da aviação geral.

 Na região Leste, o projeto-piloto estabelecerá uma plataforma de serviços para a aviação geral incluindo rede de suporte e ampliação dos serviços, bem como o desenvolvimento de escritórios administrativos para oferecer serviços governamentais integrados. Além disso, o plano foca a expansão doe uso dos drones para iniciativas científicas e de ensaios de voo. 

No Noroeste, o plano incluiria capacidades para vigilância e serviços para baixas altitudes, integrando informações civis e militares, além de medidas de controle.

Na região Xinjiang, o plano tem como meta o incremento do turismo, permitindo operações de turnês aéreas acima do raio de 40 km com autorização da CAAC.


Notícias China CAAC


Airbus, Nova Rival da Embraer

Assine

Impressa
1 ano
Impressa
2 anos
PDF/Android
1 ano
iPad/iPhone
1 ano

Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 216,00R$ 432,00R$ 216,00R$ 216,00
Assine Agora porR$ 172,80R$ 302,40R$ 56,70R$ 56,70
Desconto
EconomizaR$ 43,20R$ 129,60R$ 159,30R$ 159,30
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 57,60 6x R$ 50,40
Assinando agora você GANHA também CHAVEIRO PORTA COPOS
Airbus, Nova Rival da Embraer

Alguns valores poderão variar dependendo da cotação do dólar

Receba o boletim AERO Magazine

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas