Apenas dois anos de operação

Sete pessoas morrem em queda de King Air no interior de São Paulo

Aeronave seguiria para o Pará com família de empresário


King Air B250GT

Aeronave havia feito o primeiro voo em 2019 - Foto: Lucas Gabardo

Um Beechcraft B250GT King Air com sete pessoas a bordo caiu após decolar do aeroporto de Piracicaba (QHB), no interior de São Paulo, na manhã desta terça-feira (14).

A aeronave de matrícula PS-CSM perdeu altitude logo após a decolagem e caiu em uma área de mata. Ela seguiria para o Pará com o sócio da empresa Raízen, que controla a marca Shell no Brasil, Celso Silveira Mello Filho, além da esposa e três filhos. Todos os ocupantes, incluindo o piloto e o copiloto, morreram.

Pelo menos três vídeos registraram o momento da queda. Um deles, feito pelo circuito interno de um condomínio, pode ser acessado em nosso perfil no Twitter.

Segundo o Registro Aeronáutico Brasileiro (RAB) da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), o King Air estava em situação regular, mas não estava autorizado a fazer transporte aéreo fretado. Seu primeiro voo foi em 2019.

  • Receba as notícias de AERO diretamente das nossas redes sociais clicando aqui

 

Marcel Cardoso

Publicado em 14 de Setembro de 2021 às 18:20


Notícias noticias noticias de aviação Beechcraft King Air Piracicaba São Paulo Acidente Queda