De ex-funcionários da Embraer

Novo fabricante brasileiro fecha parceria para seu primeiro avião

Desaer foi até Portugal buscar parceiro para o turbo-hélice ATL-100


ATL-100 da Desaer

Primeira aeronave deverá ganhar os céus em 2026

A Desaer (Desenvolvimento Aeronáutico Ltda.), fundada em 2017 por ex-funcionários da Embraer, fechou uma parceria com o Centro de Engenharia e Desenvolvimento (Ceiia), de Portugal, para desenvolver o seu primeiro turboélice.

O ATL-100 será um bimotor turbo-hélice da classe 1.000 shp com alcance de 1.600 km, velocidade de cruzeiro de 430 km/h e peso máximo de decolagem (Mtow) de cerca de 8.600 kg. Ele poderá operar em pistas que não tem pavimentação e concorrerá diretamente com o Viking DHC-6, o Let L-410 e o Dornier 228.

Com baixo custo operacional, o modelo terá três variantes: uma de passageiros (conversível em cargueiro e vice-versa) que pode receber até 19 pessoas; uma de cargas com capacidade para três contêineres LD3 de cerca de 160 m³ cada; e militar capaz de levar para até 12 paraquedistas.

O protótipo do ATL-100 está previsto para ser lançado em 2023 e a primeira aeronave deverá ficar pronta em 2026. A Desaer e a Ceiia contam com doze pedidos de aeronaves no Brasil e no Uruguai. O primeiro veio da AGS Logística, com sede em São Paulo, que assinou uma carta de intenção para duas unidades, podendo se estender para cinco. 

  • Receba as notícias de AERO diretamente das nossas redes sociais clicando aqui

 

Marcel Cardoso

Publicado em 26 de Julho de 2021 às 09:25


Notícias noticias noticias de aviação Desaer Embraer ATL turboélice Ceiia Portugal Brasil