Oportunidades com preço de ocasião

Arábia Saudita adquire participação na Boeing

Fundo soberano saudita amplia investimentos em empresas ocidentais e investe US$ 713,7 milhões no fabricante norte-americano


Fundo soberano saudita acredita na rápida recuperação da economia global e aposta no setor de transporte aéreo

O fundo soberano da Arábia Saudita comprou parte das ações da Boeing, investindo US$ 713,7 milhões nos papéis do fabricante norte-americano. O movimento fez do fundo saudita um dos maiores investidores recentes no setor aeroespacial.

Com o aprofundamento da crise gerada pela pandemia da COVID-19, o valor dos papeis de diversas grandes empresas no mundo desabaram rapidamente. A Boeing, que já vinha sofrendo com os problemas do 737 MAX e do KC-46 Pegasus, foi uma das mais impactadas pela redução dos voos em escala global.

LEIA TAMBÉM

Segundo nota do próprio fundo soberano saudita, oficialmente chamado de Public Investment Fund (PIF), a estratégia reflete um investidor paciente com um horizonte de longo prazo. “Buscamos ativamente oportunidades estratégicas na Arábia Saudita e no mundo que tenham forte potencial para gerar retornos significativos a longo prazo, beneficiando ainda mais o povo da Arábia Saudita e impulsionando o crescimento econômico do país ”, afirmou.

A aposta do PIF em gigantes como a Boeing já havia sido cogitada diretor do fundo Yasir Al-Rumayyan, que em reunião em abril afirmou que estava analisando oportunidades de investimento em áreas como aviação, energia e entretenimento.

"Você não quer desperdiçar as oportunidades criadas pela crise. E nós estamos buscando oportunidades", disse Al-Rumayyan na ocasião. "Se você olhar para diferentes setores, como empresas aéreas, entretenimento e petróleo, todos eles são suspensos com a paralisação da economia. Pensamos que quando a economia se abrir teremos muitos retornos".

As ações das maiores empresas dos Estados Unidos perderam aproximadamente 30% de seu valor com o início do fechamento de fronteiras, que gerou uma rápida redução na demanda por viagens e consumo, mas recuperaram cerca de metade desse valor nas últimas semanas, parte pelo otimismo de reabertura global.

O PIF, em nota oficial enviada ao órgão regulador do mercado de capitais norte-americano, afirmou possuir posições no valor de US$ 10 bilhões em 24 empresas dos Estados Unidos. Apenas entre empresas norte-americanas o fundo adquiriu posições no Facebook, Disney, Marriott, Starbucks, Cisco System, Qualcomm, Carnival Cruises, incluindo ainda os bancos Citigroup e Bank of America, assim como o Berkshire Hathaway, do bilionário Warren Buffett. No mundo ainda ampliaram a participação nas petroleiras europeias Shell, Total e BP.

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 18 de Maio de 2020 às 09:30


Notícias notícia de aviação aeronave avião Boeing Disney Citibank Shell 737 MAX KC-46 PIF Saudi Arabia sauditas investimentos