Voltou a ser produzido

Um helicóptero guindaste com pás que giram em sentido contrário

Capaz de içar 2,7 toneladas em missões como combate a incêndios e extração florestal, nova versão do K-Max faz primeiro voo e deve ser entregue para clientes chineses ainda este ano

Por Ernesto Klotzel em 25 de Maio de 2017 às 08:23

O protótipo de uma nova versão do helicóptero K-Max, que volta a ser produzido pela da Kaman Aerosystems depois de mais de uma década, voou pela primeira vez neste mês de maio, como parte de um programa cuja conclusão é esperada para as próximas semanas. 

O K-Max, de um lugar, apresenta um sistema de rotores contrarrotativos (em que as pás giram em sentidos contrários), em uma aeronave projetada para um mínimo de manutenção e otimizada para operações com carga externa e voos de referência vertical. O K-Max pode elevar até 2.700 kg.

 Os primeiros dois modelos de produção serão entregues a um cliente na China.

O design do K-Max foi criado pelo fundador Charles H.Kaman, certificado pelo FAA em 1994 e produzido até 2003. A aeronave é utilizada globalmente para o combate a incêndios, extração florestal e outras missões que exigem operações repetitivas de “guindaste aéreo”.

O Corpo de Fuzileiros Navais (US Marine Corps) opera dois K-Max não tripulados, desenvolvidos com a Lockheed Martin, que já transportou mais de 2 milhões de quilos de carga entre 2011 e 2014 no Afeganistão. Os marines continuam testando novas aplicações do K-Max de controle remoto para missões humanitárias. 


Notícias

Le Bourget

Assine

Impressa
1 ano
Impressa
2 anos
PDF/Android
1 ano
iPad/iPhone
1 ano

Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 216,00R$ 432,00R$ 216,00R$ 216,00
Assine Agora porR$ 172,80R$ 302,40R$ 56,70R$ 56,70
Desconto
EconomizaR$ 43,20R$ 129,60R$ 159,30R$ 159,30
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 54,08 6x R$ 47,68
Assinando agora você GANHA também CHAVEIRO PORTA COPOS
Le Bourget

Alguns valores poderão variar dependendo da cotação do dólar



Receba o boletim AERO Magazine

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas