Solução no horizonte

Boeing recebe sinal verde da FAA para testar e certificar nova configuração de baterias do 787 e garantir a retomada dos voos regulares do Dreamliner

| Santiago Oliver em 22 de Março de 2013 às 10:58

A Administração Federal de Aviação dos Estados Unidos (FAA, na sigla em inglês) aprovou o plano desenvolvido pela Boeing para testar e certificar as melhorias realizadas no sistema de baterias do 787. Se cada etapa desse plano for realizada com sucesso, a FAA aprovará a retomada dos voos comerciais do 787. O plano de certificação é o primeiro passo no processo para avaliar a possibilidade de retorno do 787 ao voo e requer que a Boeing realize testes e análises para demonstrar a conformidade com os regulamentos de segurança aplicáveis e condições especiais. "Essa série de testes vai nos mostrar se as melhorias propostas nas baterias funcionarão conforme o projetado", disse o secretário de Transportes dos Estados Unidos, Ray LaHood. "Vamos permitir que o avião retorne ao serviço se o novo projeto garantir a segurança da aeronave e seus passageiros".

"Nossa maior prioridade é a integridade de nossos produtos e a segurança dos passageiros e das tripulações que voam neles", disse Jim McNerney, chairman, presidente e CEO da Boeing. "Após os incidentes de janeiro, nossa equipe trabalhou ininterruptamente para entender os problemas e desenvolver uma solução baseada em amplas análises e testes. A aprovação que recebemos da FAA é muito bem-vinda, e crítica para que a frota possa voltar a voar e continuar cumprindo a promessa do 787", explicou o executivo.

Ray Conner, presidente e CEO da Boeing Commercial Airplanes, disse que a companhia buscou desenvolver uma solução permanente. Segundo o executivo, a proposta inclui três camadas de melhorias. "Primeiro, melhoramos o desenho das baterias de modo a evitar a ocorrência de falhas e isolá-las, caso elas ocorram. Segundo, melhoramos os processos de produção, operação e teste para garantir que as baterias e seus componentes tenham os mais altos níveis de qualidade e desempenho. Terceiro, introduzimos um novo sistema de contenção que evitará que qualquer nível de superaquecimento nas baterias afete a aeronave ou seja notado pelos passageiros, na improvável eventualidade de uma falha", afirmou Conner.

As melhorias no desenho das baterias incluem ainda a adição de novos materiais de isolamento térmico e elétrico e outras mudanças. Uma das melhorias introduzidas nos processos de produção e teste é o exame mais rigoroso nas células das baterias, antes da sua montagem. Já as melhorias operacionais tiveram por foco reduzir a faixa de tensão do sistema. Uma característica importante da nova contenção é impedir a propagação de fogo na contenção ou na bateria.

A FAA também autorizou a Boeing a iniciar as atividades de teste de voo em duas aeronaves: a de número de linha 86, que realizará testes para demonstrar que o conjunto abrangente de soluções funciona da forma esperada, tanto em terra quanto no ar; e a ZA005, que está programada para executar testes de melhoria no motor, não relacionados ao problema na bateria. Outros testes podem ser programados, se necessários.

Os planos de teste foram redigidos com base nos padrões da FAA e nas diretrizes publicadas pelo comitê consultivo Radio Technical Commission on Aeronautics (RTCA), que oferece orientações sobre como atender às exigências regulatórias. "Estamos muito confiantes em nosso conjunto de soluções e no processo que o certificará", disse Conner. "Antes do retorno das operações comerciais dos 787, nossos clientes e seus passageiros querem ter a garantia de que as melhorias introduzidas tornarão esta grande aeronave ainda melhor. E é isso que este programa de testes fará".


Segurança

Artigo publicado nesta revista

Na rota do furacão

Assine

Impressa
1 ano
Impressa
2 anos
PDF/Android
1 ano
iPad/iPhone
1 ano

Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 216,00R$ 432,00R$ 216,00R$ 216,00
Assine Agora porR$ 172,80R$ 302,40R$ 56,70R$ 56,70
Desconto
EconomizaR$ 43,20R$ 129,60R$ 159,30R$ 159,30
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 57,60 6x R$ 50,40
Assinando agora você GANHA também CHAVEIRO PORTA COPOS
Na rota do furacão

Alguns valores poderão variar dependendo da cotação do dólar



Receba o boletim AERO Magazine

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas