Aeroportos

SAC prepara eventos testes para Olimpíadas

Inspeção acontece em 39 aeroportos, que precisam estar prontos para atender à demanda dos Jogos de 2016 no Rio

Da redação em 19 de Janeiro de 2016 às 15:00

Sob o comando da Secretaria de Aviação da Presidência da República, diversos órgãos do setor aéreo realizam atividades conjuntas com foco na preparação para a operação especial em 39 aeroportos durante os Jogos Olímpicos Rio 2016. Na pauta constam seis grandes temas que serão debatidos por representantes do governo federal, dos operadores aeroportuários e das companhias aéreas.

Uma das principais discussões é sobre o plano de contingência e estacionamento de aeronaves nos aeroportos Galeão e Santos Dumont, abordando também questões climáticas e horário de funcionamento dos terminais. Segundo o coordenador do Comitê Técnico de Operações Especiais (CTOE), Thiago Meirelles, a agenda de alinhamento e integração do governo às autoridades envolvidas na gestão aeroportuária assume, agora, a responsabilidade de encaminhar as últimas definições. “A execução do planejamento do setor começou há mais de 100 dias, orientada por um manual que rege as operações durante os Jogos. Agora, nosso objetivo é fazer os ajustes necessários para solucionar possíveis demandas complementares e desafios do setor como um todo”, disse.

Dos 45 eventos do programa Aquece Rio, a Secretaria de Aviação selecionou sete para testar oficialmente os aeroportos, sendo dois já realizados. Os próximos eventos serão os testes de saltos ornamentais (19 a 24 de fevereiro), rúgbi em cadeira de rodas (26 a 29 de fevereiro), pentatlo moderno (10 a 14 de março), tiro esportivo (14 a 25 de abril) e ginástica (16 a 24 de abril). Também estão sendo realizados simulados de acessibilidade aeroportuária para passageiros com necessidade de atendimento especial. O objetivo é testar as operações de embarque e desembarque, fluxos aeroportuários e a infraestrutura dos principais terminais envolvidos na operação dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos. A primeira rodada de simulados passou pelas bases aéreas do Galeão (11/06), de Santos Dumont (11/07) e de Guarulhos (04/08). Antes disso, o CTOE também visitou os terminais de todas as cidades-sede do futebol: Rio de Janeiro, Belo Horizonte, São Paulo, Brasília, Salvador e Manaus.

Em setembro, foi lançado o Manual de Planejamento do Setor de Aviação Civil – Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, cartilha técnica para padronizar a operação dos 39 aeroportos envolvidos nos jogos. Para ver a cartilha clique aqui


Notícias SAC Aeroportos Olimpíadas


Airbus, Nova Rival da Embraer

Assine

Impressa
1 ano
Impressa
2 anos
PDF/Android
1 ano
iPad/iPhone
1 ano

Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 216,00R$ 432,00R$ 216,00R$ 216,00
Assine Agora porR$ 172,80R$ 302,40R$ 56,70R$ 56,70
Desconto
EconomizaR$ 43,20R$ 129,60R$ 159,30R$ 159,30
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 57,60 6x R$ 50,40
Assinando agora você GANHA também CHAVEIRO PORTA COPOS
Airbus, Nova Rival da Embraer

Alguns valores poderão variar dependendo da cotação do dólar

Receba o boletim AERO Magazine

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas