Rival japonês da Embraer sofre primeiro revés com cancelamento de pedidos

Eastern Air Lines suspende encomendas para o MRJ90, o primeiro avião comercial feito no Japão

Por Edmundo Ubiratan em 29 de Janeiro de 2018 às 10:29

A Eastern Air Lines se tornou o primeiro cliente a cancelar um pedido para o MRJ90, o jato regional japonês, conforme confirmou em nota a Mitsubishi Aircraft.

A empresa aérea norte-americana possuía um pedido firme para 20 aeronaves, com opção para outros 20 aviões do mesmo modelo, encomendados em 2014, com a promessa de entrega nos meses seguintes.

Embora a Mitsubishi não confirme os motivos do cancelamento, os constantes atrasos têm tornado cada dia menos provável que a aeronave consiga ingressar com sucesso no mercado. O MRJ, acrônimo de Mitsubishi Regional Jet, é o primeiro avião comercial japonês em mais de 50 anos. A família MRJ previa dois modelos, um para 70 lugares e outro para até 90 assentos, que deveriam entrar em serviço em meados de 2013.

O MRJ90 conta com uma série de inovações, como uso de ligas metálicas mais leves, aerodinâmica avançada, além dos motores Pratt & Witney Pure Power, os mesmos usados nos modelos Embraer E-Jet E2, Airbus A320neo e Bombardier CSeries.

Anunciado formalmente em 2007, durante o Paris Air Show, o MRJ obteve um pedido firma da japonesa All Nipon Airways, que se tornou o cliente de lançamento do programa. Todavia, uma série de atrasos contínuos levou o avião a realizar seu primeiro voo apenas em 2015, três anos após a data planejada. Além disso, a Mitsubishi suspendeu o lançamento da versão de 70 lugares, apostando apenas no modelo de maior capacidade.

Um dos objetivos era ingressar no mercado de aviação regional dos Estados Unidos com uma aeronave de maior capacidade. Os sindicatos de pilotos e o governo norte-americano negociam a suspensão de barreiras restritivas com relação ao tamanho máximo das aeronaves da aviação regional do país, restrito até o momento a 70 assentos.

A SkyWest, a maior empresa regional dos Estados Unidos, também possui ainda 100 aviões encomendados, mas dependerá das mudanças na lei para poder recebe-los. Além disso, os constantes atrasos podem comprometer seriamente a continuidade do programa.

A atual geração do Embraer E-Jet acumula mais de 1.400 entregas, enquanto a nova versão acumula mais de 220 pedidos firmes. O CSeries, recém vendido a Airbus, acumula pouco mais de 20 entregas e 372 encomendas firmes.

Atualmente a Mitsubishi possui um total de 213 pedidos firmes, com empresas do Japão, Estados Unidos, Suécia e Mianmar.


Notícias MRJ90 Eastern Air Lines Mitsubishi Embraer Bombardier Airbus E-Jet CSeries


Por que voar?

Assine

Impressa
1 ano
Impressa
2 anos
PDF/Android
1 ano
iPad/iPhone
1 ano

Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 216,00R$ 432,00R$ 216,00R$ 216,00
Assine Agora porR$ 172,80R$ 302,40R$ 56,70R$ 56,70
Desconto
EconomizaR$ 43,20R$ 129,60R$ 159,30R$ 159,30
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 57,60 6x R$ 50,40
Assinando agora você GANHA também CHAVEIRO PORTA COPOS
Por que voar?

Alguns valores poderão variar dependendo da cotação do dólar

Receba o boletim AERO Magazine

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas