Aviação Comercial

Qantas doa primeiro 747-400

Avião será exposto ao público a partir do dia 15 de março

Da redação em 10 de Março de 2015 às 17:00

O primeiro Boeing 747-400 operado pela Qantas (VH-OJA) foi entregue ao HARS (Historical Aircraft Restoration Society) onde ficará exposto, se tornando o primeiro 747-400 em preservado no mundo.

O VH-OJA, foi recebido pela Qantas em 1989, sendo batizado originalmente de City of Canberra. Seu primeiro voo ficou conhecido por sido o mais longo voo sem escalas, da época, voando entre Londres e Sydney em 16 de agosto de 1989. Curiosamente, seu último voo também passou a detém o recorde de voo mais curto feito por um 747-400, ao voar entre Sydney e New South Wales, uma etapa de apenas 15 minutos.

O avião decolou do aeroporto internacional de Sydney e pousou nas instalações do HARS pontualmente às às 7h47 (horário local), onde ficará exposto ao lado de outras aeronaves da associação.

O CEO da empresa, Alan Joyce, declarou que a doação da aeronave ao HARS irá permitir não apenas criar uma grande atração turística, mas também uma oportunidade para preservar uma parte importante da história da Qantas e da aviação comercial.

“Ele entrou para o livro dos recordes, revolucionou o transporte aéreo para os australianos, marcou uma enorme proeza técnica para Qantas e levou milhões de passageiros para suas aventuras globais e depois para suas casas novamente” disse Joyce “O nosso B747-400 ‘City of Canberra’ é merecedor de uma aposentadoria graciosa como estrela em um dos museus de aviação mais prestigiados da Austrália”, completou.

O voo de entrega ainda marcou o primeiro voo para um aeroporto regional realizado por um Boeing 747. Devido as particularidades do voo, assim como suas restrições, a equipe técnica da Qantas trabalhou em conjunto com as autoridades para obter as aprovações necessárias e certificar a segurança na operação. Uma série de medidas foram tomadas em relação aos preparativos, incluindo a garantia do equipamento necessário para o pouso em Illawarra. Também foi criado um local permanente para a exposição, visando garantir a integridade da aeronave, incluindo sua pintura, por muitos anos.

Antes da doação da Qantas reformou o interior do avião, mantendo o interior completo, os únicos itens removidos foram os manuais de operações de voo, os carrinhos (Trolley) e as flores frescas dos banheiros. No entanto, os motores possuem vida útil significativa e serão usadas em outros 747 operados pela Qantas. Apenas um motor será deixado no avião, embora exista a possibilidade dos motores futuramente serem devolvidos com a aposentadoria da frota de jumbos da Qantas.

Os aviões mais antigos da frota estão sendo gradativamente aposentados, mas os nove mais novos, o último dos quais entregue em 2003, foram remodelados e continuarão voando.

Atualmente o HARS, possui uma série de aeronaves de grande porte em seu acervo, com destaque para o Lockheed Super Constellation, Consolidated PBY Catalina, Douglas DC-3 e DC-4.

A entrega oficial ocorrerá no dia 15 de março, para coincidir com o final de semana mensal de visitação da HARS.

 

Curiosidades sobre o City of Canberra

• Foi o primeiro Boeing 747-400 da Qantas

• Foi entregue à Qantas em 11 de agosto de 1989

• Primeiro voo em 16 de agosto de 1989, entre Londres a Sydney

• 25,3 anos em serviço

• 13.833 voos

• 106.154 horas de voo

• 4.094.568 passageiros transportados

• 85 milhões de quilômetros voados, o que equivale a 110,2 viagens de ida e volta à Lua

• Estabeleceu o recorde de voo mais longo (non-stop) ao voar entre Londres-Sydney


Notícias Boeing Qantas 747-400 HARS


Airbus, Nova Rival da Embraer

Assine

Impressa
1 ano
Impressa
2 anos
PDF/Android
1 ano
iPad/iPhone
1 ano

Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 216,00R$ 432,00R$ 216,00R$ 216,00
Assine Agora porR$ 172,80R$ 302,40R$ 56,70R$ 56,70
Desconto
EconomizaR$ 43,20R$ 129,60R$ 159,30R$ 159,30
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 57,60 6x R$ 50,40
Assinando agora você GANHA também CHAVEIRO PORTA COPOS
Airbus, Nova Rival da Embraer

Alguns valores poderão variar dependendo da cotação do dólar

Receba o boletim AERO Magazine

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas