Tecnologia japonesa

Primeiro avião da Honda já pode ser vendido nos Estados Unidos

Autoridade norte-americana de aviação acaba de certificar jato executivo HondaJet depois de mais de uma década de desenvolvimento

Da redação em 10 de Dezembro de 2015 às 09:49

Famosa pela produção de motos e automóveis, a Honda entra oficialmente no mercado de aviões. Seu jato executivo, o Hondajet, acaba de receber da autoridade norte-americana de aviação a certificação para começar a ser entregue aos clientes dos Estados Unidos. O anúncio foi feito na sede da Honda Aircraft, em Greensboro, Carolina do Norte. “Concebemos esta aeronave do zero: projetamos, testamos e agora certificamos. É um marco monumental para a Honda, que coloca no mercado seu primeiro avião”, disse o presidente e CEO da Honda Aircraft Company, Michimasa Fujino, diante de mais de 2.000 pessoas.

Para obter a chamada certificação de tipo, a Honda validou itens como desempenho, segurança, funcionalidade e confiabilidade do Hondajet em rigorosos testes de solo e em voo da FAA (a agência de aviação dos EUA). Foram mais de 3.000 horas de voo realizadas em pelo menos 70 locais em todo país. Existem mais de 100 encomendas do novo jato, incluindo pedidos de operadores do Brasil. 

Com velocidade de quase 780 km/h (420 nós), a mais visível inovação do HondaJet é a configuração de motores sobre as asas. Batizada OTWEM (Over-The-Wing Engine Mount), a solução permitiu aos projetistas da Honda Aircraft ganhar espaço na cabine e reduzir ruídos decorrentes de vibrações do motor. O resultado é a incorporação de um bagageiro de 1,6 m3 e também um lavatório. Mas há outras soluções no avião. O projeto aerodinâmico das asas e do nariz reduze o arrasto e favorece a eficiência do jato, segundo o fabricante.

 

Avião deve chegar ao Brasil em 2017

O motor turbofan GE Honda Aero HF120, certificado em 2013, é fruto de uma joint venture entre a GE e a Honda. No cockpit, o Hondajet incorpora um painel Garmin G3000, com três telas de 14 polegadas e controles touch sceen. Para os pilotos, a Honda Aircraft já trabalha com simulador de voo desenvolvido em parceria com a FlightSafety International, uma das maiores empresas de treinamento de aviação do mundo. Trata-se de um simulador nível D full motion com um sofisticado software para replicar com precisão as características de voo da aeronave.

Com a certificação depois de mais de uma década de desenvolvimento, a Honda Aircraft promete aumentar a produção do jato em Greensboro, que já tem 25 aeronaves na linha de montagem final. A empresa emprega 1.700 pessoas em sua unidade de produção. 

Simulador nível D full motion da nova aeronave

No Brasil, o Hondajet tem como representante a Líder Aviação, que atua em diversos segmentos da aviação. Com preço fixado em US$ 4,5 milhões antes da importação e capacidade para até seis passageiros em condição single pilot (apenas um piloto), o HondaJet tem como principais concorrentes outros dois jatos leves, o Embraer Phenom 100E e o Cessna Citition M2. A certificação da Anac deve sair em 2016. “Esperamos realizar as primeiras entregas do HondaJet em 2017”, prevê Philipe Figueiredo, da Líder Aviação. 

 

>> Leia mais sobre o novo avião no artigo "Hondajet no Brasil". 


Notícias


Airbus, Nova Rival da Embraer

Assine

Impressa
1 ano
Impressa
2 anos
PDF/Android
1 ano
iPad/iPhone
1 ano

Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 216,00R$ 432,00R$ 216,00R$ 216,00
Assine Agora porR$ 172,80R$ 302,40R$ 56,70R$ 56,70
Desconto
EconomizaR$ 43,20R$ 129,60R$ 159,30R$ 159,30
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 57,60 6x R$ 50,40
Assinando agora você GANHA também CHAVEIRO PORTA COPOS
Airbus, Nova Rival da Embraer

Alguns valores poderão variar dependendo da cotação do dólar

Receba o boletim AERO Magazine

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas