Aviação Comercial

Presidente da Emirates Airline fala do MH370

Tim Clark vê uma série de deficiências na investigação e nas buscas pelo 777

Da redação em 4 de Junho de 2014 às 06:36

Durante a Assembleia Geral da IATA (International Air Transport Association), que esse ano ocorre em Doha, no Catar, o presidente da Emirates Airline, Tim Clark cobrou maior transparência na investigação sobre o voo MH370.

Em entrevista concedida à revista americana Aviation Week, Clark criticou a investigação sobre o desaparecimento do Boeing 777 da Malaysia Airlines.

A preocupação do presidente da Emirates não é casual, a empresa é a maior operadora global do 777.  O temor é que existam eventuais falhas de segurança, seja no avião ou no controle de passageiros, que permitiu alguém embarcar e controlar a aeronave.

O executivo também questionou as falhas na investigação, as quais considerou inadmissíveis num processo forense. 


Notícias


Airbus, Nova Rival da Embraer

Assine

Impressa
1 ano
Impressa
2 anos
PDF/Android
1 ano
iPad/iPhone
1 ano

Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 216,00R$ 432,00R$ 216,00R$ 216,00
Assine Agora porR$ 172,80R$ 302,40R$ 56,70R$ 56,70
Desconto
EconomizaR$ 43,20R$ 129,60R$ 159,30R$ 159,30
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 57,60 6x R$ 50,40
Assinando agora você GANHA também CHAVEIRO PORTA COPOS
Airbus, Nova Rival da Embraer

Alguns valores poderão variar dependendo da cotação do dólar

Receba o boletim AERO Magazine

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas