As missões secretas da Pan Am

Por Ernesto Klotzel e Edmundo Ubiratan em 15 de Julho de 2015 às 00:00

A Pan American World Airways se notabilizou por seu pioneirismo na aviação, praticamente estruturando o transporte aéreo regular como o conhecemos hoje. O que poucos sabem é que a companhia também teve papel fundamental na estratégia norte-americana durante a Segunda Guerra Mundial. A empresa foi responsável por fornecer apoio na construção de diversas pistas de pouso ao redor do mundo e treinou centenas de pilotos, técnicos de manutenção, navegadores e operadores de rádio. Realizou, ainda, uma série de voos para os militares, transportando soldados e resgatando foragidos, em especial na China. Além disso, seus Clippers realizaram missões ultrassecretas.

Entre as missões mais críticas está o transporte do então presidente dos Estados Unidos, Franklin D. Roosevelt, para um encontro com o primeiro-ministro britânico Winston Churchill e o líder soviético Joseph Stalin. O voo foi realizado a bordo de um Boeing 314, que voou para a África com o presidente e uma pequena comitiva.

Outra missão pouco conhecida, e que ajudou a mudar os rumos da guerra, foi o transporte de urânio para o projeto Manhattan. Na década de 1940, havia apenas três grandes reservas de urânio conhecidas e exploradas, no Canadá, Tchecoslováquia (atual República Tcheca) e no atual Gabão. Diante da ocupação nazista na Bélgica, que controlava parte da região do Gabão, os aliados tiveram acesso fácil à África, que, além de estar pouco protegida, possuía o urânio mais rico. O problema era logístico, pois havia a necessidade de transportar em segredo absoluto toneladas de minério até os EUA. O uso de aeronaves militares colocaria o projeto em risco e seria impraticável o uso de navios devido à ameaça dos submarinos alemães. A solução foi empregar os Clippers da Pan American no transporte. Aproximadamente 75% do urânio da Little Boy, a bomba lançada sobre Hiroshima, foi transportada pela Pan Am.


Curiosidades Pan American World Airways transporte aéreo regular Segunda Guerra Mundial projeto Manhattan

Artigo publicado nesta revista


Airbus, Nova Rival da Embraer

Assine

Impressa
1 ano
Impressa
2 anos
PDF/Android
1 ano
iPad/iPhone
1 ano

Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 216,00R$ 432,00R$ 216,00R$ 216,00
Assine Agora porR$ 172,80R$ 302,40R$ 56,70R$ 56,70
Desconto
EconomizaR$ 43,20R$ 129,60R$ 159,30R$ 159,30
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 57,60 6x R$ 50,40
Assinando agora você GANHA também CHAVEIRO PORTA COPOS
Airbus, Nova Rival da Embraer

Alguns valores poderão variar dependendo da cotação do dólar

Receba o boletim AERO Magazine

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas