Aviação Militar

Legacy 500 do GEIV recebe sistemas embarcados

Aeronave será empregada nos serviços de inspeção dos auxílios à navegação aérea

Da redação em 8 de Julho de 2015 às 17:00

A FAB iniciou uma nova fase do Projeto I-X, um dos programas estratégicos mais importantes em andamento na força aérea, que prevê o desenvolvimento de novas aeronaves de inspeção em voo.

A fase atual é considerada uma das mais sensíveis e importantes, a integração do sistema que transformará o avião num laboratório embarcado. O primeiro avião entrou hoje (8) na em fase de integração, será entregue em maio de 2016, com as entregas se estendendo até novembro de 2017.

O Projeto I-X foi criado para ampliar as capacidades da Aeronáutica no desenvolvimento dos desenvolvimento dos auxílios à navegação aérea e prevê a aquisição de seis aeronaves Legacy 500 transformados em laboratório. Os novos aviões vão substituir a atual frota do GEIV (Grupo Especial de Inspeção em Voo) composta pelos Embraer IC-95 Bandeirante e Hawker HS-800,

“Essa é a primeira vez que será feita a integração de um sistema de inspeção nesse tipo de aeronave, não só no Brasil, mas no mundo” comenta o Major Luís Fernando Câmara Ferro “São equipamentos de última geração que, aliados às características do Legacy 500, vão trazer segurança e conforto à tripulação, além de confiabilidade e precisão aos dados coletados”.

Foram instaladas mais 14 antenas na parte externa do avião, além das existentes. Será incorporada, além disso, uma câmera a laser que vai permitir à aeronave maior autonomia e independência em relação às equipes de solo. Além disso, por ora, a frota do GEIV será a única do mundo a contar com um avião de última geração, equipado com a tecnologia fly by wire e EFB (Electronic Flight Bag), a ser utilizado para inspeção em voo.

O Comandante do GEIV, Tenente-Coronel Marcelo de Lima Pinheiro, explica que, com o avanço tecnológico, os sistemas de navegação aérea sofreram alterações e, para serem testados, necessitam de alguns equipamentos mais precisos a bordo das aeronaves. Para fazer determinadas inspeções, hoje, o Grupo tem usado aviões pertencentes às companhias aéreas. Com a chegada das novas aeronaves, essa carência será suprida.

“Outro aspecto importante que os Legacy 500 vão trazer para o GEIV é a otimização da inspeção, como a possibilidade de testar mais de um auxílio sem a necessidade de pouso, até mesmo em localidades diferentes” explica o Tenente-Coronel Pinheiro. “Com a frota que temos hoje, nós não conseguimos, por exemplo, decolar com o tanque de combustível cheio aqui do Aeroporto Santos Dumont, pois nossas aeronaves precisam de muita pista. Para ir a Manaus, primeiro preciso parar em Santa Cruz para abastecer”.

 


Notícias Legacy 500 Embraer Bandeirante Hawker 800


Airbus, Nova Rival da Embraer

Assine

Impressa
1 ano
Impressa
2 anos
PDF/Android
1 ano
iPad/iPhone
1 ano

Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 216,00R$ 432,00R$ 216,00R$ 216,00
Assine Agora porR$ 172,80R$ 302,40R$ 56,70R$ 56,70
Desconto
EconomizaR$ 43,20R$ 129,60R$ 159,30R$ 159,30
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 57,60 6x R$ 50,40
Assinando agora você GANHA também CHAVEIRO PORTA COPOS
Airbus, Nova Rival da Embraer

Alguns valores poderão variar dependendo da cotação do dólar

Receba o boletim AERO Magazine

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas