Labace em nova casa

Editorial - Edição 235

Da redação em 16 de Dezembro de 2013 às 00:00

A saída da Labace de Congonhas representa uma mudança crucial na expansão daquela que se tornou, na última década, a maior feira de aviação executiva da América Latina. Com a indisponibilidade da área dentro do principal aeroporto doméstico brasileiro, a Associação Brasileira de Aviação Geral (Abag), organizadora do evento, avalia alternativas para a realização da edição de 2014. A principal delas é o Parque de Material Aeronáutico de São Paulo (PAMA-SP), dentro do aeroporto do Campo de Marte e ao lado do Pavilhão de Exposições do Anhembi, justamente por estar localizado na capital paulista, considerada a “sede” da aviação voltada a missões de negócio no país. A decisão final deve sair no início de 2014. Duas certezas, porém, parecem estabelecidas. Uma é a de que o mercado irá para onde a Labace for, justamente pela relevância incontestável da feira para o trade. A outra é a de que haverá espaço físico para crescer, abrindo uma brecha para o aumento do número de expositores, incluindo fabricantes de aviões leves. A aeronave que estampa nossa capa, aliás, o monomotor turbo-hélice Epic LT, foi um dos destaques da última Labace.

Ainda nesta edição, um importante debate para a comunidade aeronáutica: a criminalização de acidentes e incidentes no âmbito do transporte aéreo. Em seu primeiro artigo para AERO Magazine, o aviador Daniel Calazans, mais conhecido como Prefessor Kalazans, alerta para uma situação preocupante. Segundo ele, pilotos, controladores de tráfego aéreo e demais profissionais envolvidos na atividade aérea não estão atentos para uma tendência irrefreável, no Brasil e no mundo – independente do mérito da questão –, a de que correm cada vez mais riscos de se tornarem réus nos tribunais.

Outro tema caro ao aviador abordado nas páginas deste exemplar é a famigerada aquaplanagem. Com a chegada da temporada de chuvas em grande parte do país, pilotos devem redobrar a atenção ao operar em pistas molhadas. Elencamos algumas dicas valiosas na reportagem. Finalmente, temos uma saborosa matéria assinada por Robert Zwerdling sobre os 70 anos da operação Chastise promovida pela Royal Air Force (RAF), que destruiu duas importantes represas no vale do Ruhr, em território alemão, durante a Segunda Guerra Mundial.

Bom voo,

Giuliano Agmont e Christian Burgos


Editorial Labace de Congonhas América Latina Abag PAMA-SP Campo de Marte Daniel Calazans Prefessor Kalazans Royal Air Force

Artigo publicado nesta revista

AERO Magazine 235 · Dezembro/2013 · Epic LT

Voamos este monomotor turbo-hélice pressurizado feito de fibra de carbono


Airbus, Nova Rival da Embraer

Assine

Impressa
1 ano
Impressa
2 anos
PDF/Android
1 ano
iPad/iPhone
1 ano

Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 216,00R$ 432,00R$ 216,00R$ 216,00
Assine Agora porR$ 172,80R$ 302,40R$ 56,70R$ 56,70
Desconto
EconomizaR$ 43,20R$ 129,60R$ 159,30R$ 159,30
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 57,60 6x R$ 50,40
Assinando agora você GANHA também CHAVEIRO PORTA COPOS
Airbus, Nova Rival da Embraer

Alguns valores poderão variar dependendo da cotação do dólar

Receba o boletim AERO Magazine

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas