Segurança

Iata afirma que 2011 é o ano mais seguro para aviação mundial

Até fim de novembro, 22 acidentes mataram 486 pessoas; todas as regiões melhoraram na segurança, exceto a Rússia

Da Redação em 13 de Dezembro de 2011 às 12:40

A Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata) afirma que 2011 foi o ano mais seguro para o transporte aéreo mundial. Até 30 de novembro último, foram registrados 22 acidentes com 486 vítimas fatais. No mesmo período de 2010, foram 23 acidentes com 786 mortes. Em 2006, 855 pessoas morreram em 20 acidentes. Segundo a Iata, todas as regiões, incluindo a África (historicamente a região mais perigosa para a aviação), tiveram queda proporcional no número de fatalidades, com exceção da Rússia e dos países relacionados à Comunidade dos Estados Independentes (CEI), as ex-repúblicas soviéticas. A Iata contabiliza dados desde 1945, mas só começou a divulgá-los a partir de 2001. Ao todo, 240 companhias aéreas integram a associação, operando em 118 países - responsáveis por 84% de todo o tráfego aéreo mundial.


Notícias


Airbus, Nova Rival da Embraer

Assine

Impressa
1 ano
Impressa
2 anos
PDF/Android
1 ano
iPad/iPhone
1 ano

Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 216,00R$ 432,00R$ 216,00R$ 216,00
Assine Agora porR$ 172,80R$ 302,40R$ 56,70R$ 56,70
Desconto
EconomizaR$ 43,20R$ 129,60R$ 159,30R$ 159,30
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 57,60 6x R$ 50,40
Assinando agora você GANHA também CHAVEIRO PORTA COPOS
Airbus, Nova Rival da Embraer

Alguns valores poderão variar dependendo da cotação do dólar

Receba o boletim AERO Magazine

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas