A transação, esperada para as próximas semanas, vai quase triplicar a frota de 49 aeronaves da SpiceJet. A encomenda será um recorde para a empresa, que foi obrigada a fechar as portas por dois dias no passado, por falta de dinheiro, sendo socorrida pelo co-fundador Ajay Singh.

Dessa forma, a Boeing poderá ampliar sua presença na Índia, onde a Airbus domina nas frotas narrow-body após uma série de vitórias: IndiGo, Go Airlines, India Pvt., e a unidade local da AirAsia Bhd voam variantes do Airbus A320.

A encomenda da Boeing inclui pedidos firmes de, ao menos, 50 Boeing 737 Max e renegociações para outros 42, de uma encomenda feita 2014. No total, um valor de US$10,1 bilhões. 

A aquisição ajudará a SpiceJet – segunda maior low-cost da India – a competir com a líder IndiGo, que controla 42% do mercado, enquanto isso, a SpiceJet detém cerca de 13%.


Notícias Boeing 737 SpiceJet IndiGo Go Airlines India Pvt. AirAsia Bhd

NBAA 2016

Assine

Impressa
1 ano
Impressa
2 anos
PDF/Android
1 ano
iPad/iPhone
1 ano



Receba o boletim AERO Magazine

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas

Mais lidas

1 King Air C90GTx começa a chegar ao Brasil Notícias
2 Airlink, da África do Sul, torna-se a primeira cliente do país a adquirir aviões E-Jet da Embraer Notícias
3 Caem as entregas, mas há otimismo na Robinson Notícias
4 Jatos de negócios congestionam aeroportos na região de Davos Notícias
5 Janela-bolha para o helicóptero Airbus H125 Esquilo Notícias
6 100 aeronaves que marcaram a virada do século 20 para o 21 Notícias
7 Monomotor ou bimotor? Reportagens
8 O jato particular de Trump é melhor do que o Air Force One? Notícias
9 Polônia poderá comprar 100 aviões de combate Notícias
10 O novo Beluga XL da Airbus toma forma Notícias