Curiosidades

Primeiro jato sueco / O maior “asa delta” da Dassault

Por Santiago Oliver em 25 de Junho de 2014 às 00:00

Primeiro jato sueco

Saab 21R

Desde que o Gripen foi escolhido para equipar a FAB, o Brasil parece ter descoberto que a Suécia tem uma interessante indústria aeronáutica. Embora tenham produzido aviões comerciais, como os Saab 340 e 2000, a maioria dos seus aviões é formada por versões militares. Curioso lembrar que, diferente do que acredita muita gente, seu primeiro jato não foi o Saab J29 Tunan, mas o Saab 21R, um derivado do 21A com um motor pusher a pistão. Era uma aeronave de asa baixa, com trem de pouso triciclo e fuselagem no estilo P-38. A conversão foi relativamente fácil, substituindo o motor a pistão por um motor britânico de Havilland Goblin, com empuxo de 13,34 kN (2.996 lbf). A aeronave, com comprimento de 10,60 m, envergadura de 11,37 m e altura de 2,90 m, tinha peso vazio de 3.112 kg e seu motor a jato proporcionava-lhe velocidade máxima de 800 km/h, cruzando a 700 km/h, com teto operacional de 12.500 m (41.100 pés).

O maior “asa delta” da Dassault

 Mirage 4000

O maior avião com “asa delta” do fabricante francês não é um dos que a gente ouve falar todo dia, pois não passou da fase de protótipo. Trata-se do Mirage 4000, um grande bimotor, iniciativa particular da Dassault, que construiu apenas um exemplar desse modelo. Tendo voado pela primeira vez em 9 de março de 1979, a aeronave, da classe das 20 toneladas, deveria ser um interceptador e poderia realizar ataques a baixa altura. Com asa delta e canards, o Mirage 4000 utilizava controles fly-by-wire, mas seu projeto era relativamente simples e de fácil manutenção. O fabricante esperava vender o modelo no mercado de exportação e também para a Armée de l’Air, como substituto dos bombardeiros Mirage IV, mas as encomendas não se materializaram e o elegante protótipo ficou relegado a missão de “paquera” do Rafale, o sucessor da família Mirage.
O Mirage 4000 tinha comprimento de 18,70 m, envergadura de 12 m e área alar de 73 m². Com dois turbofans e pós-combustores Snecma M.53 com empuxo unitário de 95,13 kN (21.400 lbf), o jato tinha velocidade máxima de 2.665 km/h e teto operacional de 20.000 m (65.600 pés).


Curiosidades Saab 21R Mirage 4000

Artigo publicado nesta revista

AERO Magazine 241 · Junho/2014 · Bell 429 WLG

Voamos a nova versão do helicóptero com trem de pouso retrátil


Airbus, Nova Rival da Embraer

Assine

Impressa
1 ano
Impressa
2 anos
PDF/Android
1 ano
iPad/iPhone
1 ano

Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 216,00R$ 432,00R$ 216,00R$ 216,00
Assine Agora porR$ 172,80R$ 302,40R$ 56,70R$ 56,70
Desconto
EconomizaR$ 43,20R$ 129,60R$ 159,30R$ 159,30
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 57,60 6x R$ 50,40
Assinando agora você GANHA também CHAVEIRO PORTA COPOS
Airbus, Nova Rival da Embraer

Alguns valores poderão variar dependendo da cotação do dólar

Receba o boletim AERO Magazine

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas