Troca de pilotos

Compartilhamento de pilotos da força aérea com companhias comerciais

A USAF cogita na liberação parcial de seus pilotos para mantê-los em forma

Ernesto Klotzel em 10 de Janeiro de 2017 às 13:27

Pilotos militares norte-americanos poderão ser liberados para “fazer bicos” em companhias aéreas comerciais como solução para mantê-los disponíveis para o serviço ativo. Os escalões superiores da USAF estão concedendo um grau de liberdade na organização de suas carreiras individuais na aviação, tendo nos voos em serviço ativo um dos componentes deste “mix”.

Algumas das perguntas que motivaram a eventual medida:

Existem outras alternativas para contratar pilotos?

Existem alternativas para fazer com que os pilotos permaneçam mais tempo como militares?

Existem alternativas para a contratação de pilotos para serviço ativo, que depois possam nos deixar para voar em companhias aéreas comerciais e, posteriormente, voltar para o serviço ativo?

Embora a falta de pilotos seja mais séria para a aviação de combate, todos os setores estão sentindo o problema e, em 2020, a Força Aérea poderá ter 12% de vagas em seus quadros. Apesar dos incentivos em termos financeiros, mais de metade dos pilotos deixam a USAF tão logo possível, ante os 40% que, até pouco, saltavam para a vida civil. 

A Força Aérea já conversou com alguns CEO de companhias aéreas, enquanto a Austrália e o Reino Unido já fizeram seus arranjos e iniciaram o compartilhamento.  


Notícias USAF

23 anos - Ensaios em voo

Assine

Impressa
1 ano
Impressa
2 anos
PDF/Android
1 ano
iPad/iPhone
1 ano

Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 202,80R$ 405,60R$ 202,80R$ 202,80
Assine Agora porR$ 172,80R$ 302,40R$ 119,96R$ 119,96
Desconto
EconomizaR$ 30,00R$ 103,20R$ 82,84R$ 82,84
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 54,08 6x R$ 47,68
Assinando agora você GANHA também CHAVEIRO PORTA COPOS
23 anos - Ensaios em voo

Alguns valores poderão variar dependendo da cotação do dólar



Receba o boletim AERO Magazine

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas