Brasileiros na NBAA

Da redação em 22 de Novembro de 2012 às 10:00

Os brasileiros marcaram presença na maior feira de aviação executiva do mundo. A Colt Aviation anunciou durante o evento sua certificação do serviço de Remoção Aérea. O atendimento, que será feito em parceria com a equipe médica da empresa Royal Life, acontecerá a bordo de aeronaves Learjet 31/31A, que já estão configuradas para esse tipo de missão. "Estamos diversificando com excelência nossas frentes na aviação executiva", diz presidente da Colt, Alexandre Eckmann. Quem também estreou na NBAA foi a Global Aviation, convidada a participar do estande da Avinode/Wyvern. "Hoje temos um posicionamento internacional", diz Ricardo Gobbetti, sócio-presidente e piloto da Global Aviation. Mas o grande destaque entre os brasileiro na centro de convenções, além da Embraer, foi a Líder Aviação. E entre uma reunião e outra, a diretora superintendente Júnia Hermont, conversou com AERO Magazine.

- AERO MAGAZINE - Nós brasileiros estamos acostumados a chegar a NBAA e encontrar o estande da Embraer e desta vez tivemos a surpresa de encontrar outro player brasileiro, a Líder. É uma embaixada brasileira?
- JÚNIA HERMONT - Isso mesmo. É uma embaixada brasileira. A ideia de participar da NBAA surgiu porque temos muitos fornecedores e muitos clientes aqui nas atividades de atendimento e manutenção. Nós temos um mercado aqui, além de prover um ponto de apoio para nossos clientes brasileiros que estão na feira. Queremos divulgar o Brasil e nossa empresa, pois sempre estamos por aqui, apresentando e divulgando todas as atividades e o tamanho da Líder. É muito empolgante a questão dos brasileiros que vêm aqui e se sentem em casa.

- Vocês vieram para comunicar que só a Líder tem presença em todas as cidades-sede da Copa. Qual é a estratégia?
- O que percebemos é que todo mundo tem uma preocupação muito grande sobre como será a Copa no Brasil. Questões de infraestrutura, de logística, de aviação executiva. Há muitas dúvidas nos brasileiros, nos americanos que querem ir e também nas empresas americanas que têm clientes que irão. Nossa ideia é demonstrar que podemos prestar o serviço em todas as cidades.

- Estivemos com Vick Shawn e conversamos sobre várias coisas, entre elas sobre se os distribuidores Hawker estariam livres para representar outras aeronaves a jato e ele disse que recomenda a seus parceiros que não tomem nenhuma decisão precipitada e irreversível...
- São tempos difíceis. Somos parceiros da Hawker há 17 anos, somos o maior dealer nos últimos sete anos e o Brasil tem um grande peso para a Beechcraft principalmente. Somos parceiros, vamos apoiá-los, mas principalmente dar uma solução a nossos clientes, pois queremos que nossos clientes realmente façam o melhor negócio.

- Em meio aos anúncios de reestruturação a Beechcraft apresentou lançamentos. O que você achou disso? E qual é o desafio?
- Os lançamentos são ótimos e a Beechcraft sai fortalecida nessa reestruturação, mas certamente eles têm um grande desafio de sair bem dessa situação. Assim, eles têm de estar muito focados e contar com o apoio dos dealers, pois esse é o caminho para a recuperação.


Reportagens

Artigo publicado nesta revista


Airbus, Nova Rival da Embraer

Assine

Impressa
1 ano
Impressa
2 anos
PDF/Android
1 ano
iPad/iPhone
1 ano

Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 216,00R$ 432,00R$ 216,00R$ 216,00
Assine Agora porR$ 172,80R$ 302,40R$ 56,70R$ 56,70
Desconto
EconomizaR$ 43,20R$ 129,60R$ 159,30R$ 159,30
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 57,60 6x R$ 50,40
Assinando agora você GANHA também CHAVEIRO PORTA COPOS
Airbus, Nova Rival da Embraer

Alguns valores poderão variar dependendo da cotação do dólar

Receba o boletim AERO Magazine

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas