Aviação comercial

Boeing eleva tabela de preços de seus aviões

Aumento de 5,5% é justificado com salários, bens e serviços

Da Redação em 9 de Agosto de 2012 às 07:36

A fabricante norte-americana Boeing reajustou em 5,5% a tabela de preços de seus aviões. Ela justifica o aumento com os custos com salários de empregados, bens e serviços. Os preços de tabela não têm relação com os preços atuais de venda, uma vez que grandes compradores obtêm descontos significativos no ato da compra. Hoje, um 737 MAX 8 custa US$ 100,5 milhões, ao passo de que um 747-8 não sai por menos de US$ 351,4 milhões. Neste ano, por enquanto, as vendas da Boeing são superiores às da concorrente francesa, a Airbus, que acusa a fabricante norte-americana de ser "extremamente agressiva" com preços para atrair clientes. A Boeing, no entanto, afirma que seus preços são "competitivos".

Notícias

Artigo publicado nesta revista

AERO Magazine 218 · Julho/2012 · Titulo


Airbus, Nova Rival da Embraer

Assine

Impressa
1 ano
Impressa
2 anos
PDF/Android
1 ano
iPad/iPhone
1 ano

Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 216,00R$ 432,00R$ 216,00R$ 216,00
Assine Agora porR$ 172,80R$ 302,40R$ 56,70R$ 56,70
Desconto
EconomizaR$ 43,20R$ 129,60R$ 159,30R$ 159,30
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 57,60 6x R$ 50,40
Assinando agora você GANHA também CHAVEIRO PORTA COPOS
Airbus, Nova Rival da Embraer

Alguns valores poderão variar dependendo da cotação do dólar

Receba o boletim AERO Magazine

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas